Siga nossas redes

Flash

Com guerra, trigo já subiu 46,25%; entenda os impactos para empresas da bolsa

Quais empresas da bolsa de valores sentem os efeitos negativos das altas do trigo? Quais são os impactos no bolso do brasileiro? Veja agora no Flash!

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Quais empresas da bolsa de valores sentem os efeitos negativos das altas do trigo? Quais são os impactos no bolso do brasileiro? Veja agora no Flash!

Desde o início da guerra entre Rússia e Ucrânia, a cotação do trigo já registrou alta de 46,25%, recorde histórico.

O Brasil é um dos maiores importadores globais de trigo. Segundo a consultoria StoneX, só haverá trigo disponível para negociação no país até no máximo meados de abril, e que o Brasil terá de contar basicamente com importações para o restante do ano até a chegada da nova safra, por volta de setembro.

Neste cenário, qual é o impacto do aumento do preço do trigo para empresas do setor listadas na bolsa? E para o bolso do brasileiro?

Entre os destaque do dia no cenário corporativo está a Vale (VALE3), que interrompeu operações na Estrada de Ferro Carajás; o aumento de 20,1% da demanda por voos da Azul (AZUL4) em fevereiro e o aumento da participação da Omega Energia (MEGA3) complexo eólico na Bahia.

Veja também

Seja sócio das maiores empresas do Brasil com corretagem ZERO! Invista em Ações

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu