Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Compra da Activision pela Microsoft é impedida; perda da Netflix

E mais: BYD supera VW na China com quase meio milhão de carros no 1º tri.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Reino Unido bloqueia compra da Activision pela Microsoft

O Reino Unido vai impedir a compra da produtora de videogames Activision Blizzard pela Microsoft (MSFT34), um negócio de US$ 69 bilhões, por preocupações com a competição no mercado de streaming, um golpe inesperado na maior aquisição do setor de todos os tempos.

  • Descubra a história de Bill Gates: o magnata e filantropo fundador da Microsoft

O regulador antitruste do país disse nesta quarta-feira que o compromisso da Microsoft de oferecer acesso à franquia multibilionária “Call of Duty” da Activision para as principais plataformas de videogames não resolve efetivamente as preocupações.

A Microsoft disse em comunicado que continua totalmente comprometida com a aquisição da Activision e apelará da decisão.

Netflix perde 1 mi de usuários na Espanha com restrição de senha

netflix
Smartphone com o logotipo da Netflix é visto em um teclado na frente das palavras “Serviço de streaming” 24/03/2020 REUTERS/Dado Ruvic/

A Netflix (NFLX34) perdeu mais de um milhão de usuários na Espanha nos primeiros três meses de 2023, um sinal de que a repressão da gigante de streaming ao compartilhamento de senhas pode sair pela culatra, segundo o grupo de pesquisa de mercado Kantar.

No início de fevereiro, a Espanha se tornou um dos primeiros mercados da Netflix a introduzir uma taxa mensal para usuários que compartilhassem seus detalhes de login com outra família e medidas técnicas para detectar esse compartilhamento. A mudança foi associada a uma queda de mais de um milhão de usuários, dois terços dos quais estavam usando a senha de outra pessoa, segundo a pesquisa da Kantar.

BYD supera VW na China com quase meio milhão de carros no 1º tri

A BYD, fabricante de veículos elétricos chinesa apoiada por Warren Buffet, se tornou a marca de carros mais vendida no país asiático, destronando a Volkswagen em uma ascensão meteórica.

A montadora ultrapassou sua rival alemã no primeiro trimestre, vendendo mais de 440.000 carros na China, segundo dados compilados pela Bloomberg. O chairman da BYD, Wang Chuanfu, disse no mês passado que pretendia ultrapassar a Volks até o final de 2023.

(*Com informações de Reuters e Bloomberg.)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.