Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Torre da Taesa sofre danos; Tesla corta preços

E mais: Plataforma da Petrobras em Mero atinge capacidade máxima de produção.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Torre de transmissão da Taesa sofre danos

A transmissora de energia Taesa (TAEE11) informou nesta sexta-feira que uma de suas torres de transmissão em Rio das Pedras, no interior de São Paulo, sofreu danos após um ato de sabotagem na véspera, e que o fato foi reportado à reguladora Aneel e ao Ministério de Minas e Energia.

A empresa pontuou ainda que “os danos provocados não resultaram em interrupção da prestação do serviço público de transmissão de energia elétrica”.

A Taesa não detalhou o que foi danificado.

Tesla corta preços e pressiona rivais

Veículo elétrico da Tesla. Crédito: Qilai Shen/Bloomberg

A Tesla (TSLA34) reduziu globalmente os preços de seus veículos elétricos em até 20%, ampliando uma estratégia de descontos e desafiando rivais, após frustrar previsões de entregas para 2022.

O movimento ocorreu após o presidente-executivo da montadora, Elon Musk, alertar que a perspectiva de recessão e taxas de juros mais altas significa que poderia baixar os preços para sustentar o crescimento do volume às custas do lucro.

Os preços mais baixos nos EUA, Europa, Oriente Médio e África, após cortes na semana passada na Ásia, marcam a reversão da estratégia que a montadora havia seguido durante em 2021/22, quando os novos pedidos de veículos excederam a oferta.

Plataforma da Petrobras em Mero atinge capacidade máxima de produção

Petrobras (PETR3PETR4) informou nesta sexta-feira em nota que seu navio-plataforma Guanabara alcançou sua capacidade máxima de produção, de 180 mil barris de petróleo por dia, no campo de Mero, no pré-sal da Bacia de Santos, oito meses após entrar em operação, conforme comunicado.

O desempenho, segundo a petroleira, é resultado da alta produtividade por poço, da aceleração da curva de aprendizado e da utilização de tecnologias de última geração no campo.

(Com informações da Reuters.)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.