Siga nossas redes

Geral

Palpites do Oscar: cálculo matemático mostra os possíveis vencedores; veja lista

Método desenvolvido por Samy Dana utilizou a econometria e fez previsões com base em prêmios e notas de sites internacionais.

Publicado

em

Oscar 2021 Samy Dana

A cerimônia do Oscar 2021 acontece neste domingo (25) e os cálculos de probabilidade dão pistas de quem serão os possíveis vencedores. O economista Samy Dana utilizou a econometria, método que usa cálculos matemáticos e estatísticos para calcular e fazer previsões, com base nos prêmios já recebidos por cada indicado e também nas notas de sites internacionais.

Conheça os indicados com as maiores chances de vencer – numericamente falando – e veja se consegue garantir o prêmio do bolão deste ano:

Oscar

Melhor diretor

A diretora, roteirista, produtora e editora chinesa Chloé Zhao é a favorita ao prêmio de melhor diretor por “Nomadland”. Concorrendo nas categorias de melhor direção, filme, roteiro adaptado e edição, ela é a primeira mulher indicada a quatro Oscars em um só ano. Além disso, é a primeira mulher não branca a ser indicada pela Academia para melhor diretora.

Em fevereiro, a cineasta ganhou o Globo de Ouro de melhor direção, se tornando a primeira mulher a levar o prêmio em 34 anos.

Probabilidade de vencer: 82%

Melhor ator

Chadwick Boseman é indicado pela atuação em “A Voz Suprema do Blues”, da Netflix. O americano morreu em agosto do ano passado, aos 43 anos, em decorrência de câncer no cólon. Caso conquiste o prêmio, será o terceiro ator a ganhá-lo postumamente. Em seu último trabalho nas telas, o ator contracena com Viola Davis e recebe os principais monólogos do longa.

Chadwick disputa a estatueta com Riz Ahmed (O Som do Silêncio), Steven Yeun (Minari), Gary Oldman (Mank) e Anthony Hopkins (Meu Pai).

Probabilidade de vencer: 80%

Melhor filme, roteiro adaptado e fotografia

Com prêmios do PGA (Sindicato dos Produtores da América) e do DGA (Sindicato dos Diretores da América), dois dos maiores termômetros do Oscar, Nomadland se torna o favorito para levar a categoria principal do evento. Ao todo, o filme foi indicado a 6 categorias.

O longa metragem de Chloé Zhao acompanha Fern (Frances McDormand), que decide embarcar na vida dos nômades modernos dos Estados Unidos após perder tudo na Grande Recessão de 2008.

Probabilidade de vencer: 72% (melhor filme), 65% (melhor fotografia) e 63% (melhor roteiro adaptado)

Melhor animação e trilha sonora

Desde que a categoria de melhor animação foi lançada, em 2002, a Pixar é de longe a queridinha da Academia. O estúdio já emplacou mais de 15 estatuetas, e esse ano é novamente a favorita ao prêmio.

A animação Soul narra a história de Joe Gardner, um professor de música que sonha em se tornar um grande nome do jazz, e, após um grave acidente que o leva para o mundo pós-morte, precisa repensar suas crenças sobre o significado da vida, da morte, de conquistas e identidade.

Também reconhecido pelo grande trabalho sonoro, com 42 músicas originais, o longa também desponta como favorito na categoria de melhor trilha sonora.

Probabilidade de vencer: 82% (melhor animação) e 79% (melhor trilha sonora)

Melhor filme estrangeiro

Another Round (Druk), comédia dramática dinamarquesa dirigido por Thomas Vinterberg, é o mais provável vencedor da categoria de acordo com as previsões do Sammy. No filme, quatro professores cheios de problemas pessoais decidem testar a hjipótese de que ao manter um nível constante de álcool em suas correntes sanguíneas, suas vidas irão melhorar.

A produção dinamarquesa disputa a estatueta com “Better Days” (Hong Kong), “Collective” (Romênia), “O Homem que Vendeu sua Pele” (Tunísia) e “Quo Vadis, Aida?” (Bosnia e Herzegovina).

Probabilidade de vencer: 77%

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!