Siga nossas redes

Negócios

Ação da Linx dispara 11% após ‘investida’ de Totvs e Stone

Totvs (TOTS3) apresentou hoje uma proposta de compra da empresa, que também é alvo de aquisição pela Stone.

Publicado

em

LINX

A fabricante de software Totvs (TOTS3) apresentou na manhã desta sexta-feira (14) uma proposta de compra aos acionistas da Linx, que também é alvo de aquisição pela Stone, empresa de meios de pagamento. O objetivo é combinar os negócios das duas empresas. Após a notícia, as ações da Linx (LINX3) disparavam ao redor de 11% nesta manhã, negociadas acima de R$ 35. O papel da Totvs subia ao redor de 2,5%, perto do mesmo horário.

Na proposta, a Totvs diz que sua oferta prevê que os acionistas da Linx, “todos tratados de forma igualitária e equânime”, receberão uma ação da companhia mais R$ 6,20. Com isso, os acionistas da Linx passam a deter 24% do capital total e votante da Totvs, que seguirá como companhia aberta listada no Novo Mercado. De acordo com a empresa, isso significa um prêmio de 30,3% sobre o preço da Linx antes da oferta da Stone.

“A transação possui um forte racional estratégico em razão da alta complementariedade de mercados, soluções e serviços, resultando em uma substancial criação de valor para as companhias, seus respectivos acionistas, clientes e colaboradores”, diz a Totvs, em fato relevante.

Na terça-feira, a Stone confirmou negociações para a compra da Linx por R$ 6 bilhões, o que levou a empresa de meio de pagamento a anunciar uma oferta na Nasdaq para captar mais de R$ 7 bilhões para concluir a operação, ainda sujeita a aprovação dos acionistas da Linx. A operação foi avaliada pela gestora Fama tendo um “prêmio disfarçado” aos fundadores da Linx.

Surpreendida pela Stone

Em carta enviada ao conselho de administração da Linx, a Totvs disse que preparava uma oferta quando fosse divulgado o resultado do segundo trimestre da empresa de software e mantinha conversas com o vice-presidente do Conselho de Administração e o diretor presidente da Linx. Afirmou que foi surpreendida pela proposta da Stone depois da suspensão da publicação dos resultados e pelos fatos relevantes durante e depois do pregão, “preferindo não tomar conhecimento” da proposta que seria apresentada.

Mesmo com a oferta da Stone, a Totvs decidiu ir adiante. “Decidimos submeter a nossa proposta, na certeza de que melhor atende ao interesse do conjunto de acionistas da Linx, sem conflitos de interesses, benefícios particulares ou assimetria de tratamento”, diz a companhia na carta ao conselho.

A Totvs enfatiza sua posição como empresa independente para justificar a operação. “Ao não estarmos vinculados a um único provedor de meios de pagamentos ou a um grupo financeiro, temos maior capacidade de garantir ou proteger os interesses dos clientes em tecnologias críticas e vitais para os seus negócios e a ampliação do nosso mercado, em parceria com diferentes participantes”, diz a empresa, que espera capturar, sem revelar, sinergias com os negócios da Linx.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Investimento com rentabilidade acima da média em Renda Fixa? Invista em Debêntures. invista já.

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.