Siga nossas redes

Negócios

Índice da B3 irá oferecer ranking com as empresas mais avançadas na agenda ESG

Serviço será oferecido pelo Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) a partir de janeiro de 2022.

Publicado

em

por

Investnews

A B3 informou nesta terça-feira (20) que seu Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) irá oferecer, a partir de janeiro de 2022, um ranking com as empresas de capital aberto mais avançadas na agenda ESG (sigla em inglês para práticas sociais, ambientais e de governança).

A nova metodologia, segundo a B3, inclui a divulgação da nota geral de todas as empresas que participarem do processo de seleção, inclusive as não selecionadas para participação do índice, além da pontuação obtida em cada um dos 28 temas que integram as dimensões meio ambiente, governança corporativa e alta gestão, capital humano, capital social e modelo de negócios e inovação.

A divulgação dos dados permitirá, por exemplo, que investidores direcionem, com maior clareza, seus recursos para empresas com as maiores pontuações no tema ESG segundo o ISE B3. Atualmente, a metodologia do índice não prevê a divulgação das notas individuais nem por temas, não possibilitando a comparação entre diferentes setores e empresas no país.

“O ISE B3 é um indicador importante para os investidores que estão ávidos por ativos sustentáveis, mas também tem o papel de estimular as empresas a avançarem em suas práticas ESG”, afirma Ana Buchaim, diretora-executiva de Pessoas, Marketing, Comunicação e Sustentabilidade da B3.

A B3 informou ainda que a nova metodologia do ISE B3 aumentará a regularidade de revisão da carteira do índice, permitindo captar eventuais mudanças na gestão das empresas num prazo mais curto. Em vez de uma única avaliação anual, as empresas que integram o índice serão revisadas duas vezes ao ano, em maio e setembro.

Veja também

  • Empresas de commodities e tecnologia x dividendos: o que esperar dos balanços financeiros?
  • CEO da Totvs revela próximos passos da Dimensa, nova empresa criada com a B3
  • Investir em startup em 2021 já representa 90% do total do ano passado.
  • Correr risco para alcançar ganhos de outros investidores pode ser perigoso
  • Com está sua saúde financeira? Novo índice da Febraban dá a resposta

Fique livre do Imposto de Renda na hora de investir! Invista em LCI e LCA!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!