Siga nossas redes

Negócios

Lojas Renner lucra R$ 229,7 mi no 2º tri, queda de 36% ano a ano

Resultado foi impactado por queda na receita com vendas e impacto negativo de sua unidade financeira.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Lojas Renner (LREN3) registrou lucro líquido de R$ 229,7 milhões no segundo trimestre deste ano, um recuo de 36,3% na comparação com o mesmo período de 2022, com queda na receita com vendas e impacto negativo de sua unidade financeira, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira.

Analistas, em média, esperavam lucro de R$ 200,5 milhões no trimestre, de acordo com dados compilados pela Refinitiv.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado da Renner foi de R$ 481,6 milhões entre abril e o fim de junho, diminuição de 31,4% ano a ano. Analistas esperavam, em média, Ebitda de R$ 451,6 milhões no período, conforme a Refinitiv. A margem Ebitda ajustada caiu a 16,1%, de 22,1% um ano antes.

“O lucro líquido do trimestre foi inferior ao segundo trimestre de 2022, em razão da menor geração operacional dos segmentos de varejo e serviços financeiros”, disse a Renner em relatório de resultados, no qual também cita efeito de menor alíquota efetiva de Impostos Sobre o Rendimento de Pessoas Coletivas (IRCS).

Fachada de unidade da Lojas Renner
Vista de unidadade da varejista Lojas Renner. Marcos Gouveia. 20/10/2020. Divulgação.

A empresa teve receita líquida de varejo de cerca de R$ 3 bilhões no trimestre, queda de 6% contra um ano antes, diante de recuo de 6,8% nas vendas em mesmas lojas. Já o valor bruto geral de vendas (GMV) pelos canais digitais aumentou 7,1%.

“O contexto macroeconômico ainda desafiador, com inflação acumulada, juros elevados e inadimplência pressionada, seguiu afetando o poder de compra e comportamento dos clientes”, disse a Renner. Um impacto maior desses pontos foi visto em abril e maio e em lojas de perfil popular, de acordo com a varejista.

A Renner teve despesas com vendas, gerais e administrativas de R$ 1,1 bilhão no período, crescimento de 3,4% ano a ano.

Na unidade de serviços financeiros, que vem preocupando investidores, a Renner obteve um prejuízo de R$ 53,7 milhões, revertendo lucro de R$ 11,9 milhões no mesmo período do ano passado.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.