Siga nossas redes

Negócios

Minerva certifica uso de energia limpa em 100% das operações

Segundo a empresa, com o negócio, a Minerva torna-se a primeira companhia do setor a ter emissões líquidas zero no escopo 2.

Publicado

em

por

Reuters
Mercado de gado Liniers em Buenos Aires
Mercado de gado Liniers em Buenos Aires 27/08/2019 REUTERS/Agustin Marcarian

A Minerva Foods (BEEF3), maior exportadora de carne bovina da América do Sul, anunciou a compra de certificados de energia renovável para cobrir a demanda de 100% de suas operações no Brasil e na região.

Com o negócio, a Minerva torna-se a primeira empresa do setor a ter emissões líquidas zero no escopo 2, disse a empresa em comunicado nesta segunda-feira.

O anúncio vem em momento de forte procura de grupos locais e multinacionais com operações no Brasil pela compra de certificados de energia limpa, que garantem a origem renovável da eletricidade usada em suas atividades.

O Instituto Totum, responsável no Brasil pelas emissão das certificações, conhecidas como I-RECs, disse à Reuters no mês passado que elas devem mais que dobrar no país neste ano na comparação com 2020.

A Minerva disse que sua operação envolveu a compra de mais de 369 mil I-RECs.

“Para o Brasil, a companhia adquiriu certificados de energia eólica, já para os países da América do Sul, foram comprados os de energia mista, eólica e hidrelétrica, garantindo uma matriz energética renovável em todas as operações”, explicou.

Em meio a metas ligadas a sustentabilidade, a Minerva se comprometeu a reduzir em 30% a intensidade das emissões de gases de efeito estufa (GEE) nos escopos 1 e 2 até 2030; e a manter sua matriz energética carbono neutro, com 100% da energia advinda de fontes renováveis.

A empresa disse que deverá investir até R$ 1,5 bilhão “nos próximos anos” em ações para reduzir emissões em toda sua cadeia produtiva.

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!