Siga nossas redes

Análise

Morning Call: semana com liquidez menor, payroll e risco político

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Cenário global e bolsa de valores

Após a dirigente do Banco Central Europeu, Isabel Schnabel, afirmar na sexta-feira passada que as recompras de títulos deve continuar após o encerramento do programa emergencial, Schnabel também deixou claro que o BCE continua na missão de cumprir a meta de inflação com ferramentas de política monetária adaptadas ao novo cenário. Na terça feira serão divulgados os PMI e índices de inflação ao produtor na Zona do Euro e Reino Unido.
Hoje os mercados europeus iniciaram a semana majoritariamente em alta com os seguintes índices: Alemanha -0,05%, Reino Unido +0,16%, França +0,10%, Espanha +0,28% e Euro Stoxx -0,08%.

Na Ásia, apesar do feriado chinês iniciado no dia 1º de outubro e que se estende até 7 de outubro, gerando menor liquidez nos mercados, a situação da Evergrande continua sendo acompanhada de perto, inclusive após as negociações de suas ações terem sido suspensas em Hong Kong sem a divulgação do motivo. No Japão, Fumio Kishida é eleito primeiro-ministro e substitui Shinzo Abe porém nem mesmo a notícia de uma nova liderança no país segurou a aversão ao risco gerado pela incorporadora chinesa. O índice da bolsa do Japão encerrou o dia com queda de 1,13%, e o Hang Seng com queda de 2,19%.

Cenário no Brasil

Após aparecer em noticiários que o ministro da economia, Paulo Guedes mantém recursos alocados em uma empresa Offshore, a reação do mercado pode deve ser de cautela, uma vez que as participações do ministro já haviam sido devidamente declaradas mas ainda sim serviram de motivação política para que sejam cobradas novas explicações e possíveis conflitos pela influência do ministro.

Destaque também para a fala do presidente da Petrobrás, Joaquim Silva e Luna, que fez declarações no domingo que a Petrobrás tem responsabilidade social mas não pode praticar políticas públicas, passando uma imagem atualizada de que a estatal, apesar do sócio majoritário, não é a mesma que sofria interferência do governo.

Entre os dados da semana, o IGP-DI e Vendas no Varejo divulgados na terça feira, 05/10 e o IPCA de setembro, divulgado na sexta, 08/10 ganham maior destaque na semana.

Ibovespa

Fonte: TradingView

O índice Bovespa continua sua tendência de baixa sendo negociado abaixo da média móvel de 9 e 200 períodos no gráfico diário aos 112.899,64 pontos, mesmo patamar de março de 2021.
Por enquanto o cenário continua de baixa com o investidor retirando US$ 4,84 bilhões da bolsa em setembro, gerando uma pressão vendedora sobre o índice e seus papeis.

Juros

Os juros fecharam a semana passada com alta em todos os vencimentos e com taxas superiores à 10% para os contratos com vencimentos em 2025 em diante.
A curva de juros deve reagir ao resultado do IGP-DI e IPCA da semana refletindo a visão do mercado sobre os esforços do Banco Central para contenção da inflação com a alta da Selic.

Dólar

A moeda norte americana continuou com uma semana positiva frente ao real porém encontrou dificuldades para superar a zona entre R$ 5,41 e R$ 5,49, região próxima à média móvel de 200 períodos no gráfico diário que já havia se mostrado como uma zona de resistência no final de agosto.
A sexta feira pode trazer volatilidade ao mercado devido à divulgação dos números de pedidos por seguro desemprego e o Payroll na sexta feira.

Indicadores e eventos

Brasil
Boletim Focus;
IPC de setembro;
Roberto Campos Neto profere palestra na Reunião do Conselho Político e Social (COPS), da Associação Comercial de São Paulo (10h);
Balança comercial semanal;
Roberto Campos Neto participa de live do jornal Valor Econômico (16h30);
EUA
Encomendas à indústria em agosto
Presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, participa do Fórum Estratégico Mundial 2021 (11h)
Áustria
Reunião ministerial da Opep+
China
Feriado local mantém mercados fechados
  • O que é pullback e como ele influencia o mercado de ações?

Com CDB, quem empresta dinheiro para o banco é você! Invista já!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!