Siga nossas redes

Boletim IN$

Por que Petrobras saltou com notícia de possível privatização?

Programa destaca ainda que com a piora na expectativa da Selic a parte longa da curva de juros caiu, o que abre espaço para a valorização de ações de companhias ligadas ao setor de construção e tecnologia.

Publicado

em

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) subiram 6,84%, para R$ 29,04, liderando as altas do Ibovespa nesta segunda-feira (25). Dois fatores contribuíram para este avanço: o aumento no preço dos combustíveis anunciado pela estatal, que passa a valer a partir de amanhã, e a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que a privatização da companhia “entrou no radar” do governo.

Será que a privatização da estatal vai começar a andar? Quais os benefícios para os acionistas? E se o governo continuar interferindo na companhia, o processo pode não ser tão benéfico para o investidor?

O Boletim desta segunda-feira (25) destaca ainda que com a piora na expectativa da taxa básica de juros, a Selic, a parte longa da curva de juros caiu, o que abre espaço para a valorização de ações de companhias ligadas ao setor de construção e tecnologia.  Por que isso ocorre? Como se beneficiar desse movimento?

Com apresentação da jornalista Erica Martin, o programa conta com comentários de Eduardo Perez, analista de investimentos do Nu invest.

Veja também

  • As empresas brasileiras centenárias mais inovadoras da B3
  • CEO da PDG responde: após recuperação judicial, cautela é a palavra de ordem
  • 4 investimentos com o Ibovespa abaixo de 110 mil pontos
  • Juros compostos: aprenda a converter taxas anuais para mensais nos investimentos
  • Tesouro Direto: o que acontece com meu dinheiro quando o título vence?
  • Analistas apontam 3 formas de se proteger do sobe e desce do mercado

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!