Siga nossas redes

Cafeína

Americanas vai falir? Entenda o caso — até hoje — em 5 pontos

Veja neste Cafeína o que se sabe até agora e o que os investidores das ações AMER3 devem ter no radar.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

As inconsistências contábeis encontradas por Sergio Rial, ex-CEO da Americanas, na casa dos R$ 20 bilhões — valor este que pode ser o dobro — vem sendo o assunto mais falado na última semana.

Gestores, analistas e profissionais do mercado de capitais tentam entender como uma das varejistas mais antigas do Brasil e que lucrou tanto em seus tempos áureos pode, por anos, maquiar o seu balanço contábil sem que ninguém percebesse.

Logo, ao menos 5 fatos são conhecidos até o momento, uma vez que um pedido de recuperação judicial por parte da varejista é eminente.

Na véspera, a Justiça do Rio de Janeiro reverteu decisão que protegia a Americanas (AMER3) de ser cobrada pelo BTG Pactual (BPAC11) sobre dívida de R$ 1,2 bilhão com o banco.

A decisão do desembargador Flavio Horta Fernandes reverte decisão da semana passada que ordenou ao BTG devolver dinheiro que retirou das contas da varejista para pagamento de uma linha de crédito.

O Bradesco (BBDC4) também conseguiu reverter a decisão e  reteve mais de R$ 450 milhões do caixa.

A Americanas afirmou que “segue na busca por uma solução de curto prazo com os seus credores”.

Veja neste Cafeína o que se sabe até agora e o que os investidores das ações AMER3 devem ficar de olho.

Veja também:

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.