Siga nossas redes

Cafeína

Como se programar para pedir demissão? A ‘grande resignação’ chegou ao Brasil

Aumentou os pedidos de demissão voluntária nos EUA e fenômeno se expande para o Brasil. Entenda, com Samy Dana e Dony De Nuccio.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Todo mês ao menos de 4 milhões de americanos pedem demissão voluntariamente. Um exército de trabalhadores ainda jovens deixam seus empregos em um fenômeno que ganhou nome: a grande resignação (ou a grande renúncia). Em um país em que a taxa de desemprego é baixa e gira em torno de 3,9%, chama a atenção essa ‘onda’ mas não tanto quanto no Brasil. O país latino contabiliza cerca de 500 mil pedidos de demissões todos os meses, apesar de ter ao menos 12 milhões de desempregados, segundo dados do IBGE do 1º trimestre de 2022.

A pandemia foi quem deu o ponta pé inicial no movimento, uma vez que muitos estão repensando seu estilo de vida diante de tantas vidas ceifadas com a covid-19.

No entanto, nem inflação em alta e o risco de uma recessão está impedindo os americanos de jogarem seus crachás, ou o desemprego (no caso dos brasileiros). A busca por maior significado e flexibilidade no trabalho está de certa forma se sobrepondo a possíveis temores do futuro.

Diante dessa realidade, o Cafeína preparou 5 passos para quem pretende se demitir se organizar para não passar “sufoco”após a decisão. Assista o programa desta sexta-feira, 17, com Samy Dana e Dony De Nuccio.

Veja também

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Invista seu dinheiro no investimento mais seguro do mercado a partir de R$ 36. Invista em Tesouro Direto!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu