Siga nossas redes

Primeira Marcha

Com ICMS mais alto, montadoras criam ‘tabela de preços SP’ para carros novos

Desde janeiro, imposto para veículos aumentou no estado. Alíquota para os usados passou de 1,8% para 3,9%.

Publicado

em

Paulo Bareta/Divulgação
Concessionária da Fiat/Paulo Bareta/Divulgação

Em janeiro, o governo de São Paulo anunciou aumento no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de uma série de bens de consumo e serviços. A longa lista incluía energia elétrica, eletrônicos, carnes e, claro, o assunto dessa coluna, veículos.

A alíquota para os carros novos sofreu dois reajustes. Passou de 12% para 13,3% em janeiro e para 14,5% em abril.

Essa segunda alta no ICMS está causando um movimento em cadeia na indústria automotiva. Diversas fabricantes passaram a praticar uma tabela de preços exclusiva para o estado de São Paulo.

Entrei nos sites das 10 marcas que mais vendem carros no Brasil para descobrir quais já exibem preços diferenciados (e mais altos) para São Paulo.

  • Apenas Fiat, Jeep e Honda pedem a localização do cliente na página do configurador. Se a cidade escolhida for em São Paulo, os preços são atualizados.
  • A Toyota exibe uma tabela com preços diferenciados para São Paulo quando o cliente escolhe a configuração do veículo.
  • A Hyundai não exibe preços diferenciados. Porém, a fabricante divulgou uma tabela com preços exclusivos para São Paulo ao lançar a linha 2022 do HB20.
  • Chevrolet e Ford não exibem preços diferenciados, mas, no pé do site, avisam que os valores mudam em São Paulo por conta da tributação local.
  • Volkswagen, Renault e Nissan não exibem preços diferenciados e não fazem qualquer aviso ao cliente das diferenças de tributação.

A partir destas informações, elaborei uma nova lista, desta vez com a diferença de preços de modelos das marcas que fazem a diferenciação de alguma maneira. Escolhi as versões mais baratas dos modelos mais vendidos de cada uma. Confira:

Modelo Preço em outros estados Preço em SP Diferença
Fiat Strada Endurance R$ 72.590 R$ 75.049 R$ 2.459 (+3,4%)
Honda HR-V LX R$ 108.600 R$ 112.600 R$ 4.000 (+3,7%)
Hyundai HB20 Sense 1.0 R$ 56.890 R$ 57.890 R$ 1.000 (+1,8%)
Jeep Renegade STD R$ 89.990 R$ 92.984 R$ 2.994 (+3,3%)
Toyota Hilux SR cab. dupla flex 4×2 R$ 164.790 R$ 170.190 R$ 5.400 (+3,3%)

Usados tiveram alta ainda maior

A “mão” do governo do estado foi ainda mais pesada na hora de reajustar a alíquota dos veículos usados, que antes pagavam 1,8% de ICMS e passaram a ser tributados em 5,5% em janeiro.

Em abril, após negociação com o governo, a alíquota caiu para os atuais 3,9%, justamente quando houve o segundo aumento no imposto dos novos.  

Vale lembrar que veículos usados pagam ICMS todas as vezes que são negociados por uma loja. Assim, se um mesmo carro é vendido 3 vezes em um ano por lojas diferentes, terá que pagar ICMS 3 vezes.

A mudança na tributação pegou a Fenauto, associação das lojas de carros usados, de surpresa.

“Achamos um absurdo. Isso não é benefício, já que o carro é um bem usado. Carro e moto são os únicos bens usados que são tributados”, disse Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto.

Apesar do aumento do imposto estadual, os números de vendas em São Paulo não caíram.

Em março, a média diária de vendas no estado foi 31,5% maior do que no mesmo mês de 2020, e apenas 0,3% menor do que em 2019, quando não havia pandemia.

Ou seja. Vamos aguardar mais alguns meses para ver se o ânimo dos paulistas para pagar mais nos veículos vai permanecer.

Curtinhas

Reforma na lei de trânsito

Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passou a ter validade maior/Divulgação

Entrou em vigou no último dia 12 uma reforma no Código de Trânsito Brasileiro, considerada por especialistas a maior já feita nos mais de 20 anos do CTB.

Separei aqui as principais novidades:

maior validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para quem está tirando ou renovando o documento. Para quem tem até 49 anos, a CNH passa a valer por 10 anos. Entre 50 e 69 anos, a validade é de 5 anos, e, acima de 70 anos, a renovação deve ser feita a cada 3 anos.

maior limite de pontos para a suspensão da CNH (até 40 pontos). Porém, caso o motorista cometa uma infração grave, o limite cai para 30 pontos. Se cometer duas infrações graves, o limite permanece em 20 pontos.

– a partir de agora, as cadeirinhas ou assento de elevação serão obrigatórios para crianças de até 10 anos com menos de 1,45 metro de altura.

Compass 2022 tem preços revelados

Fiat Compass/Divulgação

Na última coluna, falei sobre a movimentação dos SUVs médios no Brasil.

Pois a Jeep não perdeu tempo e divulgou os preços de algumas versões do Compass 2022, que chega com novo motor 1.3 turbo, interior completamente renovado e uma “plástica” discreta no exterior.

Duas semanas atrás, disse que a Jeep poderia manter a liderança do segmento se acertasse nos preços do Compass. Pois a realidade é até um pouco mais favorável para a Jeep do que a minha projeção.

Disse que o Compass poderia partir de R$ 145 mil. Por pouco não acertei. O preço de partida do Jeep é R$ 140 mil, idêntico ao do Corolla Cross. Assim, a vida do Toyota recém-chegado deve ficar um pouco mais difícil.

* André Paixão é jornalista automotivo e editor do Primeira Marcha

LEIA MAIS:

Faça seu dinheiro começar a render mais hoje! Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!