Siga nossas redes

Economia

Lula diz que não pode concordar com proposta da UE para acordo com Mercosul

Presidente diz que acordo comercial inclui ameaça ao Brasil.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 1 minuto

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante encontro de cúpula em Paris 23/06/2023 Lewis Joly/Pool via REUTERS

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta sexta-feira (23) que a última proposta da União Europeia para um acordo comercial com o Mercosul tornou impossível chegar a um acordo, pois incluiu uma “ameaça” ao Brasil.

O líder brasileiro estava se referindo ao adendo da UE ao acordo, que inclui compromissos de sustentabilidade e mudança climática e introduz penalidades para as nações que não cumprirem as metas climáticas delineadas no Acordo de Paris de 2015.

“Os acordos comerciais têm que ser mais justos. Estou doido para fazer um acordo comercial com a União Europeia, mas a carta adicional com ameaça a um parceiro estratégico não é possível”, disse Lula em um evento em Paris.

Lula também disse que a Organização das Nações Unidas (ONU) precisa recuperar sua força política e criticou o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional (FMI) por, segundo ele, deixarem muito a desejar em relação às expectativas das pessoas.

“A ONU precisa voltar a ter representatividade, a ter força política”, disse Lula.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.