Siga nossas redes

Finanças

Ambev tem queda de 15% no lucro no 2º tri, reduz previsão de alta no custo

A subsidiária da belga Anheuser-Busch InBev teve lucro de R$ 2,6 bilhões.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Ambev (ABEV3) divulgou nesta quinta-feira (3) que teve queda de 15,2% no lucro líquido do segundo trimestre, mas disse que espera que as pressões de custo este ano sejam mais brandas do que o previsto anteriormente.

A subsidiária da belga Anheuser-Busch InBev teve lucro de R$ 2,6 bilhões, ante estimativa média de analistas de 2,68 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

A companhia cortou perspectiva para o custo dos produtos vendidos (CPV) por hectolitro no ano, dizendo que alguns fatores que influenciam essa métrica, como inflação e preços de commodities, estão indo melhor do que o inicialmente esperado.

Crédito: Envato

A cervejaria agora prevê que o CPV cresça entre 2,5% e 5,5% este ano, ante estimativa anterior de 6% a 9,9%.

No segundo trimestre, a receita aumentou 20% em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 18,9 bilhões. Analistas, em média, esperavam faturamento de 19,8 bilhões de reais.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) cresceu em todas as unidades de negócios, embora o volume de vendas tenha caído 2,2%.

A Ambev disse que o ímpeto comercial continua sendo liderado pelo mercado brasileiro. Ainda assim, o volume de cerveja no Brasil caiu 2,5%.

Os negócios na América Central e no Caribe “continuaram melhorando sequencialmente”, apesar dos volumes terem caído 2,8%, impulsionados principalmente pelo Panamá, e com um leve declínio na República Dominicana, disse a cervejaria.

A empresa disse que continua focada em “melhorias consistentes e contínuas em termos de crescimento e lucratividade, apesar da volatilidade de curto prazo em muitos de nossos mercados”.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.