Siga nossas redes

Finanças

Bancos negociaram quase R$ 10 bi em dívidas no 1º mês do Desenrola

Número de contratos de dívidas negociados alcançou 1,5 milhão, envolvendo 1,1 milhão de clientes bancários.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 4 minutos

No primeiro mês do programa Desenrola Brasil, os bancos brasileiros negociaram R$ 9,5 bilhões em dívidas de clientes exclusivamente pela Faixa 2, informou a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), que representa os maiores bancos do país, nesta terça-feira (22).

Essa faixa inclui as dívidas bancárias de clientes que tenham renda mensal superior a 2 salários-mínimos e menor que R$ 20 mil e que não estejam incluídos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal.

cartão

Segundo a Febraban, nos 33 dias entre os 17 de julho e 18 de agosto, o número de contratos de dívidas negociados alcançou 1,5 milhão, envolvendo 1,1 milhão de clientes bancários. A adesão ao programa irá até o dia 31 de dezembro.

6 milhões de ‘desnegativados’

No mesmo período, a Febraban informou que os bancos “desnegativaram” ou “limparam o nome”de cerca de 6 milhões de registros de clientes que tinham dívidas bancárias de até R$ 100,00. O prazo para essa baixa de registros terminou em 27 de julho. Segundso a entidade, o balanço não inclui dados de credores não bancários.

“A Febraban esclarece que cada banco tem sua estratégia de negócio, adotando políticas próprias para adesão ao Programa. As condições para renegociação das dívidas, nessa etapa, serão diferenciadas e caberá a cada instituição financeira, que aderir ao programa, defini-la”, informou a entidade por nota.

O que é o Desenrola?

O Desenrola Brasil é um programa de renegociação de dívidas de pessoas físicas para limpar o nome dos devedores e fornecer possibilidades da pessoa pegar um novo crédito.

O programa era inicialmente uma promessa de campanha eleitoral do ex-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) e foi incorporada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para reduzir o endividamento do país. O Desenrola permite a participação de negativados entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022.

O público alvo do programa são devedores de até dois salários mínimos ou que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) na faixa 1. Já na faixa 2, o público alvo são pessoas físicas negativadas e renda de até R$ 20 mil.

Qual o prazo de renegociação?

Para a faixa 2 do programa, as renegociações poderão ser feitas entre os dias 17 de julho até 30 de dezembro de 2023.

Em quantas parcelas a dívida poderá ser parcelada?

As condições de taxa e parcelamento das dívidas renegociadas serão feitas diretamente entre os devedores e o banco credor.

Quem deve até R$ 100 terá a dívida perdoada?

Não. A dívida suspensa e o nome é negativado. No entanto, é preciso quitá-la. Caso o cidadão não consiga pagar de uma vez, é preciso renegociar o valor. Caso o pagamento não seja realizado, o nome será negativado novamente.

Quais dívidas não poderão ser financiadas?

Não poderão ser financiadas dívidas de crédito rural, financiamento imobiliário, créditos com garantia real, operações com funding ou risco de terceiros.

Como negocio a dívida se meu banco não aderiu ao Desenrola?

Por enquanto, apenas quatro bancos aderiram ao programa de renegociação de dívidas. Caso o banco que você possui dívidas não esteja cadastrado, a Febraban sugere que você procure renegociar as suas dívidas mesmo assim ou faça a portabilidade da dívida para outra instituição.

  • Confira a cotação BBAS3 em tempo real

Consigo crédito automaticamente assim que aderir ao Desenrola?

Não. É preciso procurar o banco que deseja obter o crédito que fará uma análise da documentação e decidirá se irá ou não conceder o crédito.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.