Siga nossas redes

Finanças

Bolsa salta mais de 2% e volta aos 115 mil; dólar fecha a R$ 4,32

Confira os principais destaques desta terça-feira (11) nos mercados.

Publicado

em

O principal indicador de ações da B3, o Ibovespa, fechou em forte alta nesta terça-feira (11). O índice subiu 2,49%, negociado aos 115.370 pontos. Já o dólar comercial teve alta de 0,13%, frente ao real, sendo negociado a R$ 4,3260.

O ajuste de baixa ainda reflete as incertezas do surto de coronavírus na economia da China e global. O movimento de venda vem após a moeda americana ter renovado seu pico histórico nominal ante o real, ontem, quando fechou em R$ 4,3220 no mercado à vista, enquanto nos Estados Unidos atingiu sua máxima desde 2 de outubro frente ao euro.

O mercado avaliou a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que cortou a Selic para 4,25% ao ano na semana passada. Operadores e economistas entendem que a ata do Copom sinaliza mais uma pausa do que o fim dos cortes de juros.

LEIA MAIS: Onde investir com a Selic aos 4,25%? Samy diz como fugir da poupança; e fintechs

Na ata, o Banco Central menciona pela primeira vez o coronavírus. “O eventual prolongamento ou intensificação do surto implicaria uma desaceleração adicional do crescimento global, com impactos sobre os preços das commodities e de importantes ativos financeiros”, destaca o documento, afirmando que observará a magnitude relativa da desaceleração da economia global versus a reação dos ativos financeiros.

O BBH destaca em relatório nesta terça que a moeda americana tem mostrado ganhos de base disseminada, apoiado por fatores como o sentimento positivo sobre os mercados acionários americanos, a noção de que o impacto do coronavírus será maior nos EUA e o favoritismo do presidente Donald Trump na disputa eleitoral deste ano.

DESTAQUES NA BOLSA

Na Bolsa, o investidor avaliou os dados da Vale, uma das principais exportadoras de minério de ferro para o mercado chinês. Hoje a empresa informou que a produção de teve queda de 22,4% no quarto trimestre, na comparação com igual período de 2018. A ação da Vale (VALE3) subiu 3,71%, a R$ 52,05.

Já a Petrobras divulgou que o pré-sal impulsionou a produção de petróleo e gás natural em 2019. O desempenho dos campos de Lula e Búzios, na Bacia de Santos, ajudou a empresa a atingir a meta para o ano, com a extração de 2,77 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d).

O resultado representou avanço de 5,4% em um ano. Além disso, a estatal informou que obteve na Justiça sentença arbitral favorável em recurso formulado por um investidor da Sete Brasil. O papel ON da petroleira (PETR3) subiu 1,36% nesta terça-feira, a R$ 29,35.

No setor financeiro, o investidor repercutiu o resultado do Itaú Unibanco, que registrou lucro líquido recorrente de R$ 7,296 bilhões no quarto trimestre de 2019. O resultado ficou 12,6% maior que o visto em igual intervalo de 2018. As ações da instituição financeira subiram 2,3%.

*Com Estadão Conteúdo

Anúncio Patrocinado Dinheiro parado? Não mais! Invista e mudo o jogo! Dinheiro parado? Não mais! Invista e mudo o jogo!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.