Siga nossas redes

Finanças

Bolsa engata 5ª semana de alta e fecha em 113 mil pontos; dólar recua a R$ 5,12

Expectativa de recuperação, com notícias promissoras sobre as vacinas, sustentou o apetite por risco dos investidores.

Publicado

em

por

InvestNews
gráfico

O Ibovespa subiu pela quinta semana seguida, após fechar em forte alta nesta sexta-feira (4), quase zerando as perdas acumuladas no ano, ao passo que o dólar renovou o menor valor em mais de quatro meses. Os investidores repercutiram o entusiasmo com notícias do processo de vacinação contra a Covid-19 e ficaram na expectativa de um pacote de estímulos nos Estados Unidos.

LEIA MAIS:

O principal índice da B3, o Ibovespa, fechou em alta de 1,30%, a 113.750 pontos.

Já o dólar comercial terminou a semana negociado a R$ 5,1246, em queda de 0,30%. É o menor patamar para a moeda desde julho. No mês de dezembro, a moeda acumula baixa de 4,14%, enquanto que desde o começo do ano ainda avança 27.7%.

Destaques da Bolsa

A forte alta na cotação das commodities favoreceu as ações das empresas exportadoras. Pouco antes do fechamento, a CSN (CSNA3) subia mais de 12%, com o setor de mineração e siderurgia entre os destaques de alta, após ajustes na véspera, com a mineradora Vale (VALE3) avançando ao redor de 3,8%.

A estatal Petrobras (PETR3; PETR4) valorizava 2%, com o petróleo em alta no exterior, além de anúncio de que recebeu propostas vinculantes da 3R Petroleum Óleo e Gás e da Eneva (ENEV3) pelo polo de Urucu, localizado na Bacia do Solimões (AM).

A ação da Eletrobras (ELET3) subiu aproximadamente 3,4%, após o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, ter afirmado acreditar na capitalização da companhia em 2021, por meio de um projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional.

Também perto do fechamento, Itaú Unibanco (ITUB4) tinha elevação em torno de 1%, com Bradesco (BBDC4) em alta de 0,8%.

Cosan (CSAN3) perdia cerca de 0,4%, tendo de pano de fundo anúncio sobre relação de troca envolvendo incorporação da Cosan Log e da Cosan Limited no âmbito da reorganização societária do grupo.

Bolsas globais

Os principais índices acionários de Wall Street chegaram perto de máximas recordes nesta sexta-feira, uma vez que a criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos ficou abaixo do esperado em novembro e provocou apostas de novo pacote de estímulo fiscal para ajudar a economia em sua pior contração em décadas.

As ações denominadas “cíclicas”, vistas como particularmente sensíveis à economia, como os segmentos de energia, materiais e industriais, tiveram grande destaque enquanto a maioria dos setores do S&P 500 subia.

Segundo dados preliminares, o Dow Jones avançou 0,82%, aos 30.215,79 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,88%, aos 3.699,12 pontos, e o Nasdaq valorizou-se 0,7%, aos 12.464,23 pontos.

Ações de petróleo impulsionaram os mercados europeus, com o índice de Londres atingindo máximas de nove meses. O índice FTSE 100 de Londres subiu 0,9%, já que os preços do petróleo aumentaram após um acordo entre os membros da Opep+ para continuar a aumentar levemente a produção a partir de janeiro, apesar da continuidade da maior parte das restrições de oferta existentes. O índice de petróleo e gás da Europa saltou 3,1%. 

Os índices acionários da China fecharam em alta nesta sexta e registraram o terceiro ganho semanal seguido, impulsionados por dados robustos que indicam recuperação da segunda maior economia do mundo, embora o rali tenha sido limitado pela intensificação das tensões comerciais com os Estados Unidos.

*Com Reuters

Ganhe dinheiro sem sair de casa. Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.