Siga nossas redes

Finanças

Embalado pela aprovação da PEC, Ibovespa fecha na máxima, aos 104 mil pontos

Ações de Braskem, Petrobras e empresas de energia também ajudaram a puxar o indicador.

Publicado

em

ibovespa

O Ibovespa, principal índice da B3, encerrou a quinta-feira (2) em alta, enquanto o dólar perdeu força. O indicador foi positivamente impactado pela aprovação da PEC dos precatórios no Senado e pelo forte avanço dos papéis de Petrobras e Braskem. No cenário internacional, investidores de todo o mundo aguardavam mais informações sobre a variante ômicron do coronavírus.

O Ibovespa subiu 3,66%, aos 104.466 pontos, maior nível registrado na sessão. O dólar caiu 0,21%, comercializado a R$ 5,6585, depois de oscilar entre R$ 5,6798 e R$ 5,6150.

Segundo Guilherme Esquelbek, analista da Correparti Corretora, investidores estão “tentando avaliar a real gravidade da nova cepa” do coronavírus, uma vez que, até o momento, seus pacientes têm “apresentado sintomas leves”. Ainda não há mortes confirmadas pela variante recém-descoberta da covid-19.

O Brasil já tem três casos confirmados da cepa ômicron, enquanto nos Estados Unidos o primeiro foi identificado na quarta-feira.

À medida que aguardavam mais informações sobre os riscos da nova variante, investidores domésticos acompanharam o noticiário em torno da PEC dos precatórios, cuja votação no plenário do Senado ocorreu nesta quinta-feira.

PIB do terceiro trimestre

Investidores também digeriram dados divulgados nesta manhã que mostraram contração de 0,1% do PIB do Brasil no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores, o que levou a economia a uma recessão técnica. A expectativa em pesquisa da Reuters era de estabilidade no período de julho a setembro.

Alguns especialistas disseram que a leitura do PIB próxima das projeções de mercado pode ser fator de alívio, no curto prazo, para os ativos brasileiros. “À medida que essa pressão da nova cepa se dissipa, devem predominar notícias mais positivas do que negativas, já que (o PIB) veio em linha com o consenso e não surpreendeu demais para baixo”, comentou Pedro Secchin, sócio da Golden Investimentos.

PEC dos precatórios

O Senado aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios em primeiro turno por 64 votos a 13. Ainda haverá a votação de um destaque apresentado pelo PT e um segundo turno de votação.

A mudança abre caminho para o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, implantar o programa Auxílio Brasil com um benefício de R$ 400 a partir de dezembro.

Após a conclusão da tramitação, a Câmara terá que votar mais uma vez para se posicionar sobre as mudanças. Ainda nesta quinta-feira (2) o Senado deve dar aval à medida provisória que institui o programa.

Destaques da B3

As ações da Braskem e da Petrobras encerraram em forte alta, com destaque também para as companhias do setor de energia elétrica. Confira.

Bolsas mundiais

Wall Street

O índice Dow Jones fechou em alta nesta quinta-feira, amparado por ganhos da fabricante de aviões Boeing, embora o aumento de casos da nova variante Ômicron do coronavírus em todo o mundo continuasse a trazer volatilidade para os mercados.

O índice Dow Jones subiu 1,82%, a 34,639 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,83%, a 15.381 pontos. O S&P 500 fechou com ganhos de 1,42%, a 4.577 pontos.

Europa

As ações europeias recuaram mais de 1% nesta quinta-feira, com países intensificando as restrições para conter a disseminação da variante ômicron do coronavírus, o que levanta preocupações sobre seu impacto na recuperação econômica.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,55%, a 7.129 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,35%, a 15.263 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,25%, a 6.795 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,39%, a 26.005 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,80%, a 8.300 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,92%, a 5.423 pontos.

Ásia e Pacífico

As ações blue chips da China fecharam em alta nesta quinta-feira, lideradas por incorporadoras imobiliárias após três empresas apresentarem planos para emitir títulos domésticos, enquanto analistas disseram que o governo chinês continuará com sua campanha de desalavancagem no setor.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,65%, a 27.753 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,55%, a 23.788 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,09%, a 3.573 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,25%, a 4.856 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,57%, a 2.945 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,79%, a 17.724 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,20%, a 3.092 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,15%, a 7.225 pontos.

(*Com informações da Reuters e Agência Estado)

Veja também

Ganhe dinheiro com hospitais, shoppings e outros empreendimentos, tudo com taxa ZERO de corretagem! Invista em Fundos de Investimento Imobiliários

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!