Siga nossas redes

Finanças

Méliuz fecha em queda de 11%; aéreas e Marisa sobem forte

Gol divulga avanço na demanda de passageiros, enquanto a Azul realiza evento anual com investidores.

Publicado

em

Gol
Boeing 737-800 operado pela Gol pousa no aeroporto de Congonhas (SP). 5/11/2018. REUTERS/Paulo Whitaker

As ações da Méliuz, que encerraram o pregão da sexta-feira em alta de 31,03%, diminuíram parte dos ganhos nesta segunda-feira (06) e terminaram o dia em forte queda.

Na outra ponta, as ações de Gol e Azul tiveram as principais altas do indicador.

A Embraer também fechou com avanço após receber novas encomendas de aeronaves elétricas de pouso e decolagem verticais (eVtol).

Fora do Ibovespa, a Lojas Marisa decolou em meio a follow-on anunciado pela empresa. Confira os destaques registrados no dia:

Méliuz

A Méliuz (CASH3) caiu 11,70%, para R$ 3,02, liderando as baixas do pregão. Os papéis da empresa encerraram a sessão da sexta-feira em alta de 31,03% em meio a divulgação de GMV (valor bruto de venda de mercadorias) recorde em novembro.

Aéreas

As empresas aéreas dominaram as valorizações do pregão. A Gol (GOLL4) fechou em alta de 11,34%, a R$ 16,89, após registrar avanço de 17% na demanda por voos em novembro, ante o mesmo período do ano passado. Já a Azul (AZUL4) subiu 10,57%, para R$ 24,80, tendo como pano de fundo o evento anual realizado para investidores.

CCR

A CCR (CCRO3) encerrou em alta de 3,11%, para R$ 12,95, após blog do jornal O Globo informar que um fundo canadense quer comprar fatia da Andrade Gutierrez na companhia.

Embraer

Embraer (EMBR3) encerrou com valorização de 5,64%, para R$ 20,23. A empresa informou que sua subsidiária Eve Urban recebeu um total 60 pedidos de aeronaves elétricas de pouso e decolagem verticais (eVtol) feitos por duas empresas australianas.

Marisa

Lojas Marisa (AMAR3) decolou 15,75% para R$ 4,19, após chegar a máxima de R$ 4,22 no dia, uma alta de 16,57%, ante o pregão de sexta-feira. A valorização ocorre após a companhia anunciar uma oferta subsequente de ações (follow-on), operação que ocorre quando uma companhia já listada em bolsa decide fazer o lançamento de novos papéis.

Veja também

Investimento com rentabilidade acima da média em Renda Fixa? Invista em Debêntures. invista já.

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!