Siga nossas redes

Geral

5 fatos para hoje: recuperação econômica do Rio; volatilidade do bitcoin

Segundo relatório, economia carioca deve voltar ao patamar pré-pandemia em setembro.

Publicado

em

Real fica mais exposto a ruído político e força global do dólar por posicionamento técnico, diz Morgan Stanley 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

1- Eletrobras esclarece que decisão sobre venda no exterior será tomada pela empresa

A Eletrobras esclareceu que a decisão para a venda ou não de ações no exterior durante o processo de capitalização compete exclusivamente à estatal, apesar do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ser o responsável pela modelagem da venda das ações.

A estatal vai contratar um sindicato de bancos para executar a oferta e tomar decisões, como os mercados que vai acessar.

“A decisão da operação é da Eletrobras. Os estudos do BNDES definem os parâmetros de bonificação de outorga e modelo da segregação da Eletronuclear e de Itaipu”, esclareceu a Eletrobras, confirmando uma divulgação já feita pelo Ministério de Minas e Energia sobre os próximos passos da capitalização da empresa, já sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e prevista para o primeiro trimestre de 2022.

“Depois que tudo estiver decidido, a operação de follow on, que é a operação de colocar à venda as ações, é uma operação da Eletrobras”, afirmou a assessoria da estatal.

2- EUA: Comitê de ciclos econômicos diz que recessão no país durou 2 meses em 2020

O Comitê de Datação de Ciclo de Negócios do Escritório Nacional de Pesquisa Econômica afirmou na segunda-feira (19) ter determinado que a recessão do ano passado durou apenas dois meses nos Estados Unidos, “o que faz dela a mais curta recessão dos EUA já registrada”. O órgão explica em comunicado sua metodologia e ressalta que, ao determinar que o fim da recessão começava em maio de 2020, após a recessão de março e abril, não concluía que a economia havia com isso retornado a sua capacidade normal de operação.

“A atividade econômica está geralmente abaixo do normal nos estágios iniciais de uma expansão, e às vezes permanece assim bem avançada a expansão”, diz. O comitê decidiu que qualquer recuo futuro da economia seria uma nova recessão, não a continuação daquela associada ao pico de fevereiro de 2020. “A base para esta decisão foi a duração e a força da recuperação até agora”, sustenta.

A expansão da economia americana foi impulsionada pelo forte estímulo fiscal e monetário e, num segundo momento, pelo avanço da vacinação contra a covid-19 e pela perspectiva de reabertura gradual da economia.

3- Economia da cidade do Rio pode voltar ao nível pré-covid em setembro

Caso o município do Rio de Janeiro mantenha o ritmo de crescimento atual, a economia carioca deve voltar ao patamar pré-pandemia em setembro próximo. A previsão está no Boletim Econômico do Rio de Janeiro, divulgado pelo prefeito Eduardo Paes e pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS), Chicão Bulhões. O diagnóstico da situação ajuda nas tomadas de decisões e na elaboração de políticas públicas, segundo a prefeitura do Rio de Janeiro.

O documento avalia que a aceleração da campanha de vacinação contra a covid-19 deverá levar a um aumento real do Produto Interno Bruto (PIB) municipal deste ano da ordem de 5%, depois da queda estimada de 5,6% no ano passado.

Outro ponto positivo apontado pelo documento foi a expansão do mercado de trabalho nos últimos meses. De janeiro a maio deste ano, foram gerados 16 mil empregos novos, dos quais a metade no mês de maio. A maior parte dos novos postos de trabalho ocorreu no setor de serviços, segmento da economia carioca que mais emprega pessoas, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

“Temos uma secretaria que busca atrair investimentos, para trazer para um balcão único todos os processos de licenciamento e facilitar a vida daqueles que desejam empreender na cidade do Rio. Como consequência, esperamos mais riqueza, investimentos e empregos sendo gerados”, disse o prefeito.

4- Bitcoin registra 2ª semana seguida de saída de recursos, diz CoinShares

Produtos de investimento em bitcoin registraram fluxos de saída de recursos pela segunda semana consecutiva, segundo dados da gestora de ativos digitais CoinShares, divulgados na segunda-feira.

Os fluxos de recursos de saída de produtos de bitcoin somaram US$ 10,4 milhões na semana encerrada em 16 de julho ante US$ 6,9 milhões negativos na semana anterior. Para julho, os fluxos de saída da recursos de bitcoin somam US$ 15 milhões, embora as entradas no ano atinjam US$ 4,2 bilhões.

O bitcoin acumula queda de 12,1% este mês. Na segunda-feira, a moeda digital testou o suporte de US$ 30 mil e operava em queda de 3,4% às 16h45 (horário de Brasília), cotada a US$ 30.714.

A volatilidade começou a aumentar…Vemos movimentos bruscos para baixo se o bitcoin quebrar a barreira abaixo de 30 mil dólares com convicção”, disse Pankaj Balani, presidente-executivo da plataforma de derivativos Delta Exchange.

5- EUA e aliados acusam China de campanha global de ciberespionagem

Os Estados Unidos e aliados acusaram a China de ser responsável por uma campanha global de ciberespionagem, reunindo uma ampla coalizão de países para criticar Pequim por ataques hackers.

Os Estados Unidos foram acompanhados por Otan, União Europeia, Reino Unido, Austrália, Japão, Nova Zelândia e Canadá na condenação da espionagem, que o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse ser “uma grande ameaça à nossa segurança nacional e econômica”.

Simultaneamente, o Departamento de Justiça dos EUA acusou formalmente quatro cidadãos chineses – três autoridades de segurança e um hacker contratado – de atacar dezenas de empresas, universidades e agências governamentais nos Estados Unidos e no exterior.

A embaixada chinesa em Washington não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Autoridades chinesas disseram anteriormente que a China também é vítima de hackers e se opõe a todas as formas de ataques cibernéticos.

(*Com informações de Reuters, Estadão Conteúdo e Agência Brasil)

Veja também

Investir é mais fácil do que você imagina. Aqui tem o investimento ideal para o seu perfil. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!