Siga nossas redes

Geral

Auxílio Brasil: confira o calendário de pagamentos em 2022

Famílias em situação de extrema pobreza e famílias em situação de pobreza podem receber o benefício.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Auxílio Brasil
Programa Auxílio Brasil | © Marcello Casal jr/Agência Brasil

O Auxílio Brasil, programa social de transferência de renda criado pelo governo Bolsonaro, que substitui o antigo Bolsa Família, já teve o seu calendário de pagamentos divulgado para 2022. O Governo Federal também comunicou que o funcionamento e as datas de transferência serão iguais a do benefício do ano de 2021.

Sendo assim, as famílias beneficiarias receberão conforme o número final do Número de Identificação Social (NIS) – que deve ser criado por meio do Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis), base que reúne os dados de quem recebe benefícios sociais – do responsável pelo grupo familiar.

Ou seja, quem tem o último digito do NIS terminado em 1 recebe no primeiro dia de pagamento, quem tem o último digito do NIS terminado em 2 recebe no segundo dia de pagamento, e assim por diante.

Leia mais: Como consultar seu número do PIS ou NIS?

Medida provisória publicada em edição extra do Diário Oficial da União, no último dia 7, antecipou o pagamento do novo valor do Auxílio Brasil. O instrumento criou um benefício extraordinário que complementa as parcelas já previstas do Auxílio Brasil para o valor de R$ 400. Ou seja, cada família receberá, no mínimo, R$ 400.

Confira as datas de pagamento do Auxílio Brasil de 2022

JANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Final do NIS DIA DIA DIA DIA DIA DIA DIA DIA DIA DIA DIA DIA 
1181118161817191817181710
2191219191918201920191813
3201722202021212021201914
4211823222122222322212215
5221924232423232423222316
6252225262524262524252417
7262326272625272627262520
8272429282728282728272621
9282530292829293029282922
0292631303130303130293023

Quais são os objetivos do Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é um programa de transferência de renda destinado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza do país, portanto, ele tem a finalidade de diminuir as condições de vulnerabilidade social desses grupos.

Através dos benefícios básicos do programa, deseja-se promover prioritariamente o desenvolvimento de crianças e adolescentes, assim como garantir a assistência necessária às gestantes.

Auxílio Brasil x Bolsa Família

De acordo com a instituição, famílias que já recebiam o Bolsa Família e estão com os dados atualizados no Cadastro Único do governo federal (CadÚnico) não precisam fazer nenhum novo cadastro para receber os valores.

Quem pode participar do programa?

De acordo com o Ministério da Cidadania, podem receber o benefício as famílias em situação de extrema pobreza e famílias em situação de pobreza. No caso das famílias em situação de pobreza, apenas poderão receber a transferência se possuírem em sua composição gestantes ou pessoas com idade até 21 anos incompletos.

Famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de R$ 0 a R$ 100. E as famílias pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de R$ 100,01 a R$ 200.

Como consultar o Auxílio Brasil

Os beneficiários do Auxílio Brasil podem consultar a disponibilidade do benefício e o valor das parcelas pelo aplicativo Caixa Tem, utilizado para movimentação da conta poupança digital da Caixa.

Criado ano passado para o pagamento do auxílio emergencial durante a pandemia de covid-19 e estendido a outros programas sociais, o aplicativo ganhou a nova função com o início da operacionalização do benefício.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.