Siga nossas redes

Negócios

Confiança de serviços sobe 1,8 pontos em outubro, a 99,1 pontos

Em outubro, houve melhora em cinco dos sete principais segmentos pesquisados, com destaque para os serviços prestados às famílias.

Publicado

em

confiança de serviços

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) avançou 1,8 ponto na passagem de setembro para outubro, na série com ajuste sazonal, para 99,1 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira (28). Em médias móveis trimestrais, o índice subiu 0,4 ponto.

“A confiança de serviços voltou a subir em outubro, recuperando grande parte da queda de setembro. O resultado favorável desse mês foi influenciado pela melhora da percepção sobre a situação atual e uma reavaliação positiva das perspectivas sobre os próximos meses. Esse resultado parece confirmar que o setor de serviços continua se beneficiando com as flexibilizações e sendo puxado pelos segmentos que mais sofreram ao longo da pandemia. A expectativa para os próximos meses é de continuidade do cenário positivo caso se confirme uma sustentação da confiança dos consumidores nos próximos meses”, avaliou Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

O Índice de Situação Atual (ISA-S) subiu 2,3 pontos, para 94,6 pontos. O Índice de Expectativas (IE-S) cresceu 1,3 ponto, para 103,6 pontos, mantendo-se na região de otimismo (acima dos 100 pontos) pelo quarto mês consecutivo.

Em outubro, houve melhora em cinco dos sete principais segmentos pesquisados, com destaque para os serviços prestados às famílias, que voltaram a ficar acima da média dos demais segmentos, o que não ocorria desde o início da pandemia.

“Esse resultado sugere que o andamento do calendário de vacinação e o enfraquecimento da pandemia influenciam positivamente a retomada da atividade dos segmentos que demandam presença física das pessoas”, completou Tobler.

A coleta de dados para a edição de outubro da Sondagem de Serviços foi realizada com 1.518 empresas entre os dias 1º e 26 do mês.

Veja também

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!