Siga nossas redes

Negócios

GOL conclui refinanciamento de dívida de R$ 1,2 bi

O refinanciamento ocorreu por meio da 7ª série de debêntures e da emissão da 8ª série de debêntures simples não-conversíveis.

Publicado

em

Gol
Reuters/Diego Vara

A Gol Linhas Aéreas (GOLL4) anunciou nesta terça-feira (26) que concluiu o refinanciamento de sua dívida bancária de curto prazo de R$ 1,2 bilhão, por meio da 7ª série de debêntures e da emissão da 8ª série de debêntures simples não-conversíveis (“Debêntures”).

“A finalização do refinanciamento de R$ 1,2 bilhão da dívida de curto prazo, e a consequente conclusão do nosso programa de liability management, não poderiam ter ocorrido em melhor momento,” afirmou Richard Lark, Diretor Vice-Presidente Financeiro. “Agora, comparativamente aos nossos pares, o balanço patrimonial da GOL está numa posição mais forte em termos de endividamento, o que entendemos ser uma vantagem competitiva no atual ambiente de mercado.”

No período de 19 meses até setembro de 2021, a extração de valor dos ativos da Gol propiciou uma redução de R$ 3,3 bilhões na sua dívida financeira de curto prazo. Os recursos das debêntures serão utilizados integralmente para o refinanciamento da dívida de curto prazo.

Segundo fato relevante enviado pela Gol à CVM, as Debêntures serão remuneradas a uma taxa de CDI+4,5% e terão data de vencimento de três anos após a emissão. Os pagamentos de principal e juros serão mensais, após período de carência de 12 meses para principal e de seis meses para juros. As Debêntures são resgatáveis, total ou parcialmente, a qualquer momento após emissão.

Veja também

Fique livre do Imposto de Renda na hora de investir! Invista em LCI e LCA!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!