Siga nossas redes

Negócios

Renner diz que não há evidência de vazamento de dados pessoais após ataques

No dia 19 de agosto, companhia sofreu ataque cibernético que tirou sistemas do ar.

Publicado

em

Vista de unidadade da varejista Lojas Renner. Marcos Gouveia. 20/10/2020. Divulgação.

A Lojas Renner  (LREN3) informou em nota divulgada na noite desta segunda-feira (30) que “não há qualquer evidência de vazamento de informações ou dados pessoais em nenhum dos seus negócios”, após o ataque cibernético sofrido em 19 de agosto.

Em nota, a varejista informou que continua em execução o plano de proteção e recuperação das operações. A empresa disse ainda que as lojas continuam abertas e que o e-commerce foi restabelecido, nos sites e aplicativos, nos dias 21 e 22 de agosto, respectivamente, bem como as operações dos centros de distribuição e backoffice no decorrer da última semana.

“As equipes da companhia e os profissionais externos contratados permanecem mobilizados a seguir o plano de proteção e rcuperação após o incidente, adotando todos os protocolos de controle e segurança e dando sequência ao trabalho de apuração, documentação e investigação sobre o ocorrido”, disse em comunicado.

Veja também

Investimento com rentabilidade acima da média em Renda Fixa? Invista em Debêntures. invista já.

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!