Siga nossas redes

Negócios

Subsidiária da Eletrobras compra 49% da TSLE por R$ 217,55 mi

Com a implementação da operação, a CGT Eletrosul passa a deter 100% do capital social da TSLE.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

eletrobras / Assembleia de Furnas
Logo da Eletrobras no Rio de Janeiro 03/01/2019 REUTERS/Pilar Olivares

A Eletrobras (ELET3, ELET6) informou em fato relevante nesta terça-feira (23) que a CGT Eletrosul assinou contrato com a CEEE-T para a compra de fatia de 49% na Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE), por R$ 217,55 milhões.

A subsidiária da Eletrobras havia informado sobre a operação em maio, quando um acordo definitivo ainda dependia de outros passos.

O pagamento da CGT Eletrosul à CEEE-T deverá ocorrer no prazo máximo de 30 dias contados da presente data, quando será realizada a transferência das ações, disse a estatal elétrica.

Com a implementação da operação, a CGT Eletrosul passa a deter 100% do capital social da TSLE e irá promover futuramente a incorporação dessa SPE, conforme a estratégia da empresa que visa a racionalização das participações societárias.

Veja também

  • O que Pat Dorsey e a Supreme podem ensinar sobre moats
  • Com 562% de alta, ação fora do Ibovespa bate a maior alta do índice
  • Aos 29, filho de Semenzato conta como deixou o tênis e assumiu holding do pai
  • Cosan e Rumo anunciam mudanças de executivos de RI e estratégia
  • Petróleo e Petrobras salvam Ibovespa de cair abaixo de 101 mil pontos; entenda

Invista sem precisar pagar Imposto de Renda! Invista em CRI e CRA!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu