Siga nossas redes

SO$ Finanças

Como declarar isenção de IR após diagnóstico de doença?

Especialista tira dúvida sobre a declaração do Imposto de Renda 2023.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Pergunta de Pedro Alves: “Tenho 2 fontes de renda, uma do INSS e outra de uma previdência complementar. Há 5 anos fui diagnosticado com câncer. Só esse ano fiquei sabendo que tenho direito à isenção do Imposto de Renda que pago nos meus 2 rendimentos.
Providenciei os documentos necessários para apresentar às minhas 2 fontes.

A previdência complementar já me isentou do pagamento do IR, me enviou documento. Já no INSS permanece em análise desde 01/02/2023.

A pergunta é: posso declarar meus 2 rendimentos como isentos, mesmo não tendo o OK do INSS? Ou devo declarar o INSS ainda como tributável e minha previdência complementar como isenta?”

Médico segura estetoscópio numa UTI. 30/10/2020. REUTERS/Benoit Tessier

Resposta de Wesley Santiago *: “Neste caso, deve aguardar a conclusão das análises do INSS para poder considerar como renda isenta. Ou seja, na prática ainda seria uma renda tributável.”

* Wesley Santiago, especialista em tributos e impostos da Macro Contabilidade e Consultoria

*As informações neste artigo são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews e das instituições com as quais ele possui ligação. Envie sua pergunta para [email protected]

Passo a passo

Veja abaixo como declarar as principais informações no IR

Veja abaixo um como declarar investimentos no IR

Veja também:

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.