Siga nossas redes

Espaço Easynvest

Easynvest lança carteira recomendada com 6 fundos imobiliários

Portfólio do mês de maio prioriza papéis indexados à inflação e ao CDI, além de galpões logísticos.

Publicado

em

ações

A Easynvest lançou sua primeira carteira recomendada de Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), que passa a ter uma página disponível no site do InvestNews. Clique aqui para acessar a carteira completa. A seleção de ativos será atualizada mensalmente pelo autor das recomendações, o analista José Falcão.

Além do preço atual das cotas, a página traz o dividend yield (retorno com dividendos) projetado para os próximos 12 meses de cada FII selecionado. Além disso, conta com um resumo sobre cada fundo e a tese de investimento para cada um

Entre os dias 1º e 25 de abril, o portfólio composto por seis ativos rendeu 1,25%, contra uma queda de 0,07% da principal índice de referência desta classe de ativos, o IFIX, no mesmo período.

A carteira de FIIs se soma a outras estratégias da Easynvest, como as carteiras recomendadas de ações, small caps e dividendos, além do boletim de BDRs.

Carteira recomendada de FIIs em maio

Na carteira mensal de estreia, referente ao mês de maio, os fundos RBR Alpha Multiestratégia, fundo de fundo, Vinci Logística FII, de logística, e os de recebíveis RBR Rendimento High Grade e Capitânia Securitie têm 22,5% de participação cada. Outros dois têm alocação de 5%: o Vinci Shopping Centers FII, de shoppings, e o BTG Pactual Corp. Office Fund, de lajes comerciais. 

Veja abaixo os 6 FIIs recomendados pela Easynvest para maio:

Carteira recomendada de FIIs para maio de 2021

FundoDividend yield esperado em 12 meses (%)Cota mínima (R$)
RBR Alpha Multiestratégia (RBRF11)8,5992,8
RBR Rendimento High Grade (RBRR11)7,6498,9
Capitânia Securities II (CPTS11)8,3101,2
Vinci Logística FII (VILG11)5,57118
Vinci Shopping Centers (VISC11)4,55108,8
BTG Pactual Corp. Office Fund (BRCR11)6,681,4

Segundo José Falcão, especialista em renda variável e autor das recomendações, a carteira de maio prioriza os fundos imobiliários de papéis indexados à inflação e ao CDI, e também de galpão logístico. “Esses produtos continuam em um momento positivo com o crescimento do e-commerce e necessidade de ampliação dos canais de distribuição por empresas”, afirmou.

Carteira de FIIs x IFIX

O objetivo da carteira é buscar um desempenho acima do IFIX, e, no longo prazo, entregar um retorno anual de dividendos em torno de 7%. Segundo Falcão, apesar da crise, 2020 foi um ano excelente para as construtoras e imobiliárias, com a taxa Selic na mínima histórica, dando impulso à tomada de crédito para compra de imóveis.

“Do ponto de vista dos FIIs, a dinâmica é um pouco diferente, pois a receita na maior parte vem de aluguéis e 2020 foi um ano desafiador para manter a taxa de ocupação e controlar a inadimplência. Com a retomada das atividades até o final de 2021, a situação tende a melhorar muito para os fundos imobiliários. Apesar dos juros subirem, os rendimentos de alguns FIIs devem se manter acima de 6%”, apontou em nota. 

Aumento de cotistas dos FIIs

O mercado de FIIs tem crescido nos últimos anos, impulsionado pela taxa de juros baixa. Em 2020, o avanço foi de 82% no número de cotistas em relação ao ano anterior. Atualmente, há cerca de 322 FIIs disponíveis para a compra na B3.

“O ritmo de crescimento deste mercado é impressionante. Ao final de 2020 1,17 milhão de investidores possuíam FIIs na custódia, ante 645 mil investidores em 2019. E o mais entusiasmante: 73,6% é formado por pessoas físicas, que representam 62,6% do volume total negociado neste mercado ”, avalia Falcão.

Veja mais:

Comparador de Fundos: descubra em qual vale mais investir.

Ganhe dinheiro com hospitais, shoppings e outros empreendimentos, tudo com taxa ZERO de corretagem! Invista em Fundos de Investimento Imobiliários

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!