Siga nossas redes

Boletim de BDR

O Boletim tem como objetivo fornecer informações mensais das Brazilian Depositary Receipts (BDRs) com lastro em empresas globais negociadas na B3 e que fazem parte do Índice de BDRs Não Patrocinados-Global (BDRX).

Top 5 BDRs

Cotação em tempo real
(Delay 15 min)

Performance no mês atual

  • COCA COLA DRN (COCA34) +9.48%
  • ALPHABET DRN A (GOGL34) +18.47%
  • MICROSOFT DRN (MSFT34) +3.7%
  • JPMORGAN DRN (JPMC34) +21.43%
  • JOHNSON DRN (JNJB34) -0.42%

Objetivo

Os analistas da Easynvest fazem uma cobertura com critérios de análise técnica e fundamentalista para que o investidor consiga tomar a melhor decisão na hora de investir em BDR.

Se você não tem conhecimentos sobre BDR, sugerimos que antes leia o artigo especial no nosso Blog.

Perfil do investidor

Conservador Moderado Experiente

Top 5 BDRs

As ações Top 5 usam como referência o Boletim de BDR e, de acordo com o desempenho das empresas, o time de análise da Easynvest seleciona as 5 BDRs que acreditam ser as melhores alternativas de investimento no médio e longo prazo.

Coca-Cola (COCA34)

A Coca-Cola é uma das marcas mais reconhecidas no mundo, o que lhe confere uma bela vantagem frente aos seus competidores refletida em suas elevadas margens operacionais e retorno sobre patrimônio. Com o início da vacinação ao redor do mundo, é grande a expectativa para a retomada da receita.

A onipresença da marca da Coca-Cola na categoria de bebidas não alcoólicas se fortalece há mais de 130 anos e vemos uma dinâmica estrutural que garantirá que isso persista. A Coca-Cola vem expandindo a sua atuação em várias categorias de bebidas além dos refrigerantes como água premium e bebidas energéticas, novos vetores de crescimento, enquanto mais de 75% da sua receita vem de fora dos Estados Unidos, diversificando, também, territorialmente as suas operações.

Por fim, a companhia é uma tradicional “vaca leiteira”. Uma das empresas favoritas de Warren Buffett, um dos melhores investidores de todos os tempos, a Coca-Cola é uma companhia cuja distribuição de dividendos por ação vem crescendo por incríveis 58 anos seguidos e tem como meta distribuir aproximadamente 75% do seu resultado líquido (payout) em dividendos, além de recomprar ações recorrentemente.

Alphabet (GOGL34)

A Alphabet domina o mercado de busca online com a participação global do Google acima de 80%, por meio da qual gera forte crescimento de receita e fluxo de caixa e que deve manter esta liderança no mercado de busca. Há uma expectativa de que o YouTube contribuirá mais para os resultados financeiros da empresa, conforme já foi observado no balanço do terceiro e quarto trimestre de 2020.

A companhia registrou lucro líquido de US$ 15,65 bilhões no quarto trimestre de 2020 (acima das expectativas de US$ 11,9 bilhões), o que representa alta de 68,9% ante o mesmo período de 2019. No acumulado do ano, o lucro foi de US 41,22 bilhões, alta de 20,43%. Os resultados foram impulsionados pelas receitas de pesquisas e do YouTube, com a recuperação do consumo e das atividades comerciais.

Além disso, a companhia segue em tendência de alta, pois suas atividades sofrem menos impactos no atual contexto de pandemia e comparada aos seus pares, possui múltiplos de preço em linha e até mesmo um pouco abaixo do mercado, margens atraentes e estáveis, com um retornos sobre o capital próprio ROE (21%), Margem Líquida (22%), Margem Ebitda (30%).

Johnson & Johnson (JNJB34)

Fundada em 1886, a Johnson & Johnson é uma empresa farmacêutica americana especializada não apenas em produtos farmacêuticos, mas de higiene e utensílios médicos também, que conta com operações em mais de 90 países e produtos comercializados em mais de 175 países.

A empresa atualmente conta com ROE e margem EBITDA superiores aos de sua maior concorrente e integrante do BDRX, a Pfizer. Na corrida pelas vacinas contra covid-19, tem o diferencial de seu produto ser administrado em apenas uma dose, poder ser armazenado em uma geladeira comum por até 3 meses e já foi solicitada a liberação do seu uso emergencial à agência reguladora dos EUA.

Com ações negociadas na bolsa de Nova York no início de fevereiro por volta de US$ 164, o preço está acima da média móvel de 21 e de 200 períodos enquanto no gráfico mensal, há um canal de alta sendo respeitado. O IFR no semanal vem apresentando topos e fundos ascendentes.

JP Morgan (JPMC34)

O JP Morgan é indiscutivelmente um dos principais bancos nos Estados Unidos. Atua em vários segmentos, como banco de investimento, banco comercial, cartão de crédito, banco de varejo, gestão de ativos e fortunas, é uma força com grande reconhecimento. A combinação de escala, diversificação e sólida gestão de risco do banco parece um caminho simples para obter vantagem competitiva, mas poucas outras empresas foram capazes de executar uma estratégia semelhante. Mesmo os bancos mais bem administrados não estão imunes a tropeços ocasionais, mas o JP Morgan conseguiu aparentemente juntar todas as peças de uma forma mais coesa e menos sujeita a erros do que seus pares.

A boa gestão da companhia é representada através dos indicadores de rentabilidade, com um ROE de 11%, acima de instituições como Berkshire Hathaway (9%), Bank of America (7%) e Wells Fargo (2%) e uma margem líquida de 26%, também superior a média do mercado.

O banco enfrentou um cenário macro difícil em 2020 devido ao Covid-19, e os lucros foram pressionados. Mas o balanço patrimonial da empresa permanece forte e a nossa expectativa é que o JP Morgan superará a crise e permanecerá um dos bancos mais dominantes nos próximos anos.

Microsoft (MSFT34)

Além de possuir monopólio em diversas linhas de atuação, a Microsoft possui múltiplas fontes de receita que vão desde a rede Linkedin (5% da receita) a ser uma das principais fornecedoras de soluções de computação em nuvem. Principal vetor de crescimento da companhia atualmente, o faturamento do cloud computing aumentou mais de 50% em apenas dois anos. Com um negócio resiliente e gerador de caixa, os últimos resultados da Microsoft vieram robustos, mesmo em meio à pandemia.

A mudança estratégica da companhia com foco em renda recorrente (via assinatura de seu sistema operacional – antes era preciso comprar o pacote) e alta escalabilidade tem surgido efeito: o lucro por ação mais do que dobrou nos últimos dois anos. Não bastasse a tese de investimento em tecnologia ser secular e seus excelentes indicadores de rentabilidade (ROE de 41%, por exemplo), a resiliência da companhia está mais do que comprovada já que ela vem se mantendo entre as maiores empresas americanas desde a década de 90.

Clique aqui para visualizar todos os indicadores utilizados na nossa análise.

Anúncio Patrocinado BDR

Sobre os Analistas

Murilo Breder

Murilo Breder

Integrante da nova geração de analistas, possui passagens por instituições respeitadas como Banco Safra e a casa de análise independente Levante Ideias de Investimentos. Finalista em competições nacionais de mercado financeiro ainda durante a faculdade, é Engenheiro Civil de formação pela UFMG, com direito a um ano de intercâmbio nos Estados Unidos (Los Angeles e Nova York), e possui as certificações CGA e CNPI.

Hugo Simas Carone

José Falcão C. Castro

Analista de Investimentos na Easynvest com 14 anos de experiência no mercado financeiro, atuando com análise, consultoria de investimentos e mesa de operações Bovespa e BM&F.

Formado em Administração de Empresas com pós-graduação em Gestão Financeira, possui as certificações CFP® e CNPI-P.

Hugo Simas Carone

Hugo Carone

Iniciou seus estudos em 1996 no mercado financeiro. É certificado CNPI-T desde 2010 e CCAT entre os anos de 2012-2015.

Nosso analista está online na sala ao vivo das 09h às 17h de segunda a sexta para tirar suas dúvidas.

A Easynvest - Título Corretora de Valores S.A., inscrita no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica do Ministério da Economia sob o no 62.169.875/0001-79 (“Easynvest”), instituição financeira devidamente autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil, informa que o produto BDR – BRAZILIAN DEPOSITARY RECEIPTS (ou certificado de depósito de valores mobiliários com lastro em valores mobiliários de emissão de companhias abertas, ou assemelhadas, com sede no exterior) não conta com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos – FGC (para mais informações, acesse o site do FGC: www.fgc.org.br). O BDR se classifica em diferentes níveis, de acordo com suas características de divulgação de informações, distribuição e negociação e a existência, ou não, de patrocínio das empresas emissoras dos valores mobiliários objeto do certificado de depósito, de modo que o investidor sempre deve estar atento às especificidades do BDR. O BDR também é considerado investimento de renda variável e, portanto, está exposto ao risco de oscilações do mercado. Nesse sentido, a Easynvest alerta, ainda, que investimentos realizados no mercado financeiro e de capitais envolvem uma série de riscos que devem ser detidamente avaliados pelos potenciais investidores e ressalta que a rentabilidade obtida no passado não representa qualquer garantia de rentabilidade futura. Por fim, a Easynvest recomenda a leitura, atenta e cuidadosa, de todos documentos relativos a quaisquer ofertas de valores mobiliários na qual qualquer investidor possua interesse, incluindo, mas não se limitando a, [prospectos / formulários de referência / regulamento do fundo de investimento], sobretudo as seções referentes à descrição dos emissores, dos valores mobiliários sendo ofertados e das garantias vinculadas à emissão, incluindo todos os fatores de risco associados. [Nota: favor considerar prospectos quando se referirem a Ofertas 400, formulários de referência a BDR com lastro em ações ou títulos de dívida emitidos por companhia aberta e, por fim, regulamento do fundo de investimento a BDR com lastro em ETF].

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.