Siga nossas redes

Criptonews

Decisão vital sobre ETF de bitcoin é adiada pela SEC

Entre suas justificativas está a preocupação com fraude e manipulação de um produto à vista da criptomoeda.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 4 minutos

*ARTIGO

Nos bastidores do mercado de criptomoedas, uma nova reviravolta ganha destaque: a Securities and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos adiou sua decisão sobre a aprovação de um ETF de bitcoin (BTC) proposto pela Ark Investment Management, liderado pela renomada investidora Cathie Wood.

Em um cenário de forte expectativa, o adiamento anunciado oficialmente pela SEC na última sexta-feira (11) esfriou o ânimo dos interessados, já que a comunidade financeira aguardava ansiosamente uma resolução do caso e ela estava inicialmente prevista para 13 de agosto.

Sede da SEC, órgão regulador do mercado de capitais dos EUA, em Washington 12/05/2021 REUTERS/Andrew Kelly

A exemplo da BlackRock, a maior empresa de gestão de ativos do mundo, ARK Investment Management é apenas uma das muitas empresas nos EUA que estão buscando listar em ETF de bitcoin à vista em uma bolsa regulamentada.

Por outro lado, conforme o documento oficial aponta, o adiamento da decisão sobre o ETF de Cathie Wood pode ser interpretado como uma pausa necessária para ponderar os riscos e as oportunidades que ele pode trazer aos investidores, e não deve ser interpretado como uma negativa.

“Na medida em que a Comissão possa considerar que se justifica um tratamento diferenciado dos ETF de futuros de Bitcoin e dos ETP de Bitcoin à vista […] o Patrocinador considera que esta preocupação é atenuada em grande parte pelos acordos de custódia que o Trust contratou com o Depositário para fornecer, conforme descrito abaixo.”

Comunicado da sec

Diferente dos diversos ETFs de futuros do bitcoin que a SEC já aprovou, o ETF à vista espelharia o valor do BTC em tempo real. Embora ETFs de futuros da criptomoeda tenham sido um sucesso nos EUA, um à vista, como o que a Ark Investment Management pretende lançar, ainda não existe no país.

Importância do ETF à vista

A trajetória das criptomoedas tem sido marcada por desafios regulatórios, mas, devido à revolução sócio-financeira que estão moldando, um novo capítulo pode estar prestes a ser escrito.

Os ETFs são fundos negociados em bolsa que rastreiam um ativo ou um conjunto de ativos subjacentes. Ao facilitar a aplicação em investimentos que ainda são complexos, um dos principais benefícios de um ETF de BTC é a acessibilidade que ele oferece aos investidores, sobretudo aos institucionais.

Como fundo negociado em bolsa, a aprovação desse tipo de ETF abriria portas para que investidores de todos os tipos participassem do mercado de criptomoedas sem a necessidade de comprá-las diretamente através de uma exchange, como é a Binance e Coinbase, por exemplo.

A resistência da SEC

De fato, a SEC já aprovou ETFs futuros de bitcoin, mas o ponto é que, enquanto os mercados de futuros são regulados e padronizados, o à vista é imprevisível e mais propenso a volatilidade.

Sendo assim, a relutância da autoridade americana em aprovar um ETF de bitcoin à vista é respaldada em uma série de preocupações, entre elas o receio potencial de uma manipulação do mercado, os riscos associados à segurança cibernética do setor e a dificuldade de monitorar os criptoativos 24h por dia. 

Isso poderia, por exemplo, permitir práticas fraudulentas ou atividades ilegais, o que culminaria na falta de proteção dos investidores e na perda da integridade do sistema financeiro tradicional — principalmente no que se refere à própria SEC.

Não é questão de ‘se’, mas ‘quando’

À medida que gigantes financeiros como BlackRock e Fidelity buscam entrar no mercado de criptomoedas, o bitcoin emerge como uma força transformadora que está encontrando seu lugar no mainstream financeiro.

O adiamento da decisão sobre o ETF de bitcoin, embora cause incertezas, ecoa um sentimento maior no mundo das criptomoedas: a inevitabilidade de sua adoção em massa

É verdade que os pedidos de ETFs de bitcoin à vista têm sido negados pela SEC. No entanto, as sementes da mudança estão plantadas e o crescente interesse das principais instituições financeiras pelo produto sugere que a autoridade americana não conseguirá manter sua resistência por muito mais tempo.

Com cada vez mais big players ingressando no ecossistema das criptomoedas, a aprovação não é mais questão de “se”, mas de “quando”.

*As informações, análises e opiniões contidas neste artigo são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.