Siga nossas redes

Economia

IGP-M sobe 0,78% em julho com pressão tanto no atacado quanto no varejo, diz FGV

Com o resultado do mês, o índice acumula em 12 meses alta de 33,83%.

Publicado

em

por

Reuters
alitalia
Avião joga fertilizante em canavial em Piracicaba, São Paulo 28/02/2018. REUTERS/Nacho Doce

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) passou a subir 0,78% em julho, contra avanço de 0,60% no mês anterior, refletindo a aceleração da inflação tanto no atacado quanto no varejo, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

A leitura de julho veio abaixo da previsão em pesquisa da Reuters, que esperava alta de 0,90%. Com o resultado do mês, o índice acumula em 12 meses alta de 33,83%.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, avançou 0,71% em julho, contra alta de 0,42% no mês anterior.

Segundo André Braz, coordenador dos índices de preços, “efeitos sazonais, exportações e a alta acumulada nos preços das rações orientaram a aceleração do índice ao produtor“, com destaque para os itens minério de ferro (-3,04% para 2,70%), adubos ou fertilizantes (5,70% para 14,28%) e leite in natura(6,20% para 5,74%).

Entre os grupos componentes do IPA, o destaque ficou com as Matérias-Primas Brutas, que subiram 0,09% em julho, depois de caírem 1,28% em junho.

Enquanto isso, no varejo, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no índice geral, acelerou a alta a 0,83% este mês, após subir 0,57% em junho.

“No âmbito do consumidor, os destaques foram os energéticos”, afirmou Braz. “A tarifa elétrica avançou 5,87% e

o GLP 4,05%.”

Entre os grupos do IPC, os preços de Educação, Leitura e Recreação saltaram 2,16% em julho, deixando para trás a queda de 0,69% vista no mês anterior em meio à disparada dos preços das passagens aéreas.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), por sua vez, passou a registrar alta de 1,24% em julho, de avanço de 2,30% antes.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

Veja também

Ganhe dinheiro com as variações cambiais enquanto seu patrimônio fica protegido. Invista em Dólar!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!