Siga nossas redes

Finanças

Rentabilidade do aluguel comercial segue acima do residencial no 1º semestre

Dado é da pesquisa FipeZap; rentabilidade do aluguel comercial ficou em 5,48% até junho.

Publicado

em

A rentabilidade do aluguel de imóveis comerciais segue acima dos residenciais, de acordo com pesquisa FipeZap divulgada nesta terça-feira (27). Em junho de 2021, o retorno médio do aluguel comercial anualizado foi apurado em 5,48% ao ano, superando a rentabilidade do aluguel do segmento residencial de 4,64% ao ano.

Com esses resultados, o retorno médio do aluguel segue muito próximo ao patamar em que fechou o ano passado. Em 2020, o retorno médio do aluguel comercial anualizado foi calculado em 5,45% ao ano. A do segmento residencial ficou em 4,7% ao ano.

Entre as cidades monitoradas, o maior rendimento médio do aluguel comercial foi registrado em Salvador, com 7,6 ao ano. O menor foi em Niterói (RJ) e Curitiba, ambas com 4,6%. Veja abaixo a rentabilidade do aluguel comercial por cidade:

CidadeRentabilidade do aluguel
Salvador7,6%
Campinas6,3%
São Paulo5,8%
Brasília5,7%
Porto Alegre5,3%
Belo Horizonte5,2%
Rio de Janeiro4,8%
Florianópolis4,8%
Curitiba4,6%
Niterói4,6%

A pesquisa monitora os preços anunciados para novos contratos de aluguel de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² em 10 cidades brasileiras. Não entram no cálculo, portanto, reajustes de contratos de locação já vigentes – assim como a pesquisa sobre imóveis residenciais.

A rentabilidade do aluguel é medida pela razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda dos imóveis comerciais. Por esse cálculo, de acordo com o estudo, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por investir no imóvel com a finalidade de obter renda com aluguel (rental yield).

Preços de venda em queda

No primeiro semestre de 2021, o preço médio de venda do metro quadrado de salas e conjuntos comerciais caiu 0,16%. Já o valor do metro para aluguel subiu 0,91%.

A variação, no entanto, fica bem abaixo da inflação de 3,77% no mesmo período medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e menor também que o salto de 15,08% do Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M).

Em 12 meses, o preço médio de venda comercial acumula uma queda de 1,21%, enquanto o preço médio de locação apresenta um recuo de 0,36%. No mesmo período, a inflação medida pelo IPCA registrou alta de 8,35% e pelo IGP-M, de 35,75%.

Veja também

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Quer ganhar dinheiro com aluguéis e sem taxa de corretagem? Invista em Fundos de Investimento Imobiliários

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!