Siga nossas redes

Finanças

B3 passa a negociar novo fiagro da Galápagos Capital

Cotas do fundo são ofertadas sob o ticker GCRA11.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Mais um fiagro passou a ser negociado na B3 nesta quarta-feira (19), o Galápagos Recebíveis do Agronegócio (Fiagro – Imobiliário). As cotas do fundo passam a ser negociadas com o ticker GCRA11.

No começo do mês, cotas do Fiagro FGA também passaram a ser negociadas na bolsa brasileira.

A Galápagos, gestora independente com grande expertise em ativos de crédito, desbravou as fronteiras do fiagro. Em agosto de 2021, teve o primeiro fiagro aprovado pela B3, numa oferta restrita 476. Agora após o período de lock-up, o produto passa a ser acessado por qualquer investidor.

O GCRA11 possui objetivo de investir preponderantemente em certificados de recebíveis do agronegócio (CRA) e certificados de recebíveis imobiliários (CRI) que possuam lastro ligado a cadeias produtivas agroindustriais.

Fiagros são fundos de investimentos semelhantes a fundos Imobiliários (FII), tendo suas aplicações de recursos realizadas em imóveis rurais, cadeias produtivas agrícolas e ativos que englobem o setor. Desta forma, os produtores rurais ganham uma nova forma de obtenção de crédito enquanto os investidores passam a ter acesso a mais um produto que contribui para a diversificação de portfólio.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.