Siga nossas redes

Finanças

Chance de ganhar dinheiro na bolsa passa de 56% em 1 ano para 70% em 10

Levantamento mostra que, quanto maior o prazo, maior a probabilidade de retorno positivo.

Publicado

em

Ações ibovespa
Crédito: Shutterstock

A probabilidade de um investidor ganhar dinheiro na bolsa de valores no primeiro mês é de 52%. Em 1 ano, ela aumenta para 56% e em 10, para 70%. É o que apontam cálculos feitos por Samy Dana com base no histórico do Ibovespa, principal indicador da bolsa brasileira. 

O levantamento considera ainda o impacto da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), além dos impostos cobrados sobre os investimentos em ações. Veja abaixo:

Segundo Samy Dana, os números mostram como a bolsa de valores se torna mais interessante como investimento conforme o prazo aumenta. Essa tendência é ainda maior em mercados desenvolvidos, como o norte-americano, que contam com volume maior e são considerados mais eficientes. 

De acordo com José Falcão, analista de renda variável da Easynvest, o motivo pelo qual a probabilidade de ganhos ao investir a longo prazo é maior é que os “ruídos que causam volatilidade de curto prazo são superados e o que fica são os fundamentos das empresas”. 

No entanto, ele aponta que o longo prazo por si só não é garantia de bons retornos. “Por isso a importância de escolher boas empresas”, afirma. 

“Um exemplo prático: Quando pensamos em abrir um negócio, sabemos que no início terá uma fase de investimentos, sem lucros e até mesmo no prejuízo. Além disso, o empreendedor passa por vários ciclos econômicos, bons e ruins. Porém, não é por causa disso que ele vende sua empresa a qualquer preço ou em qualquer momento no curto prazo, pois ele sabe que os objetivos são alcançados em um prazo mais longo. Quando você compra uma ação na bolsa, a cabeça deve ser igual a do empresário investidor”, explica Falcão. 

Falcão aponta que as empresas listadas em bolsa também precisam de tempo para mostrar resultados ao investidor. “No meio do caminho acontecem muitos ruídos, muitas vezes sem afetar o fundamento da empresa em que você investe. Mas os preços oscilam, e os investidores caem no erro por medo e não conseguem adotar uma estratégia de longo prazo. Tempos depois, os ruídos são esquecidos, as empresas bem administradas continuam a apresentar bons resultados e os frutos são colhidos com a valorização no preço das ações.”

“Sim, ação é um investimento de longo prazo, pois valorização é sinônimo de entrega de resultados, que por sua vez são materializados no longo prazo”, resume Falcão. 

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!