Siga nossas redes

Finanças

Dólar sobe mais de 2%, a R$ 5,25; Ibovespa cai, com temores sobre variante delta

A semana inicia com viés negativo, acompanhando a aversão a risco global.

Publicado

em

Notas de dólar e real. 10 de setembro de 2015. REUTERS/Ricardo Moraes

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em queda nesta segunda-feira (19), enquanto o dólar subiu sobre o real, acompanhando a aversão a risco global neste dia, em meio a preocupações com a disseminação da variante delta da covid em várias partes do mundo.

O Ibovespa caiu 1,24%. aos 124.395 pontos. Veja a cotação do Ibovespa hoje. Já o dólar subiu 2,63%, a R$ 5,2501, após chegar a R$ 5,2581 na máxima do dia.

O dia é marcado ainda por forte queda na cotação do petróleo. Perto do mesmo horário, o Brent caía 6,1%, a US$ 68,56 por barril, e o WIT perdia 7,01%, a US$ 66,12, após a Opep+ fechar acordo para um aumento de produção, em momento em que o número de casos de covid-19 aumenta em diversos países.

Cenário

O recesso no Congresso Nacional e a agenda macro doméstica relativamente tranquila nos próximos dias direccional as atenções de investidores para o plano internacional, com a decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) no foco dos mercados nos próximos dias e podendo gerar volatilidade.

Na visão do economista-chefe da SulAmerica Investimentos, Newton Rosa, investidores começam a questionar a consistência da retomada global, em meio a pressões inflacionárias e receios com a disseminação da variante delta da covid em partes do mundo.

Por ora, o ponto de receio está no aumento constante de novos registros de covid-19 em países asiáticos, que até então vinham com a epidemia mais contida.

O possível impacto econômico de novos lockdowns nesses locais e alguma perda de ímpeto nas projeções mais otimistas para o EUA têm deixado investidores nervosos, num momento em que o banco central norte-americano (o Fed) lida com inflação mais alta em paralelo a uma robusta concessão de estímulos. No pior dos cenários do mercado está uma estagflação – baixo crescimento econômico e preços mais altos.

“Embora continuemos esperando que o dólar passe a cair nos próximos meses, a incerteza de curto prazo em torno do crescimento global e das perspectivas da política monetária argumenta contra novas vendas por enquanto, em nossa opinião”, disseram estrategistas do Goldman Sachs em nota.

Destaques da bolsa

A segunda-feira terminou com forte queda no preço ações da Tegma (TGMA3), Oi (OIBR3) e aéreas – Gol (GOLL4) de Azul (AZUL4).Veja os destaques da bolsa de valores.

Bolsas Mundiais

Wall Street

Uma disparada no número de casos de coronavírus causados pela variante delta desencadeou ampla liquidação em Wall Street nesta segunda..

  • O Dow Jones fechou em queda de 2,09%, a 33.962,04 pontos
  • O S&P 500 caiu 1,59%, a 4.258,49 pontos
  • O Nasdaq Composite recuou 1,06%, a 14.274,98 pontos.

Europa

As ações europeias fecharam em queda de mais de 2% e tiveram sua pior sessão em nove meses nesta segunda-feira, com preocupações de que a variante delta do coronavírus possa desacelerar a recuperação econômica global.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 2,34%, a 6.844,39 pontos.

  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,62%, a 15.133,20 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 2,54%, a 6.295,97 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 3,34%, a 23.965,92 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 2,40%, a 8.301,70 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 2,70%, a 4.894,43 pontos.

Ásia e Pacífico

O índice de blue-chips da China fechou em alta nesta segunda-feira, recuperando perdas anteriores, impulsionado por empresas de saúde e consumo e entradas de fluxos.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,25%, a 27.652 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,84%, a 27.489 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,01%, a 3.539 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,37%, a 5.113 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,00%, a 3.244 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,59%, a 17.789 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 1,30%, a 3.111 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,85%, a 7.286 pontos.

(*Com informações da Reuters)

Veja também

  • Como investir em dólar: 5 passos de aplicar na moeda dos EUA
  • Opep+ concorda em aumentar a oferta de petróleo
  • Focus: IPCA para 2021 passa de 6,11% para 6,31%, acima do teto da meta

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!