Siga nossas redes

Finanças

Dólar fecha em queda após dia instável, de olho em Fed; Ibovespa recua

Mercado repercutiu fala de Jerome Powell sobre ritmo de altas de juros nos EUA.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 4 minutos

O dólar fechou em alta nesta quarta-feira (22) após dia de sobe e desce, com o mercado repercutindo declarações de Jerome Powell, chefe do Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, sobre o ritmo da alta de juros no país. O Ibovespa, principal indicador da bolsa de valores brasileira, também teve dia volátil e encerrou em queda.

O dólar subiu 0,42%, a R$ 5,1765. O Ibovespa caiu 0,16%, a 99.522 pontos.

Powell disse que o Fed está “fortemente comprometido” em reduzir a inflação, atualmente nos maiores patamares em 40 anos. Em declarações preparadas para o Comitê Bancário do Senado, ele reiterou que aumentos contínuos nos juros serão apropriados, mas que o ritmo das mudanças continuará a depender de dados e da evolução do cenário para a economia.

Essa fala foi considerada menos ‘hawkish’ (propensa à alta de juros) que o temido pelos mercados. Jefferson Rugik, presidente-executivo da Correparti Corretora, atribuiu o alívio da alta do dólar à indicação de que o ritmo de altas de juros dependerá de dados recebidos e da evolução das perspectivas econômicas.

A atividade econômica tem preocupado os mercados financeiros de forma mais expressiva desde que o Fed endureceu sua postura de política monetária. Há exatamente uma semana, o banco central norte-americano elevou seus juros básicos no ritmo mais intenso desde 1994, em 0,75 ponto percentual, numa tentativa de domar a inflação.

Juros mais altos costumam restringir o crescimento econômico, já que tendem a reduzir os gastos do consumidor. Além disso, tendem a fazer a cotação do dólar subir, já que o mercado de renda fixa nos EUA se torna mais atraente e investidores então partem para uma busca maior pela moeda do país.

Ainda de olho na Petrobras

No Brasil, o foco continua sobre os desdobramentos envolvendo a troca de comando da Petrobras (PETR3 e PETR4).

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta que o futuro presidente da estatal, Caio Mário Paes de Andrade, deverá trocar toda a diretoria da empresa quando assumir o posto, e que o conselho de administração da petroleira poderá alterar a política de preços que prevê a paridade com a cotação internacional do petróleo.

O Banco Ourinvest também indicou as discussões em torno de ampliação do auxílio gás ou possível criação de “voucher” para caminhoneiros como um ponto de cautela, que “deve gerar mais volatilidade” no mercado de câmbio.

Bolsas mundiais

Wall Street

Os principais índices de Wall Street encerraram com perdas leves em negociações voláteis nesta quarta-feira, sob o peso de ações de energia e conforme investidores digeriam os comentários de Powell.

O índice S&P 500 fechou em queda de 0,13%, a 3.759,89 pontos. O Dow Jones caiu 0,15%, a 30.483,13 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 0,15%, a 11.053,08 pontos.

Europa

As ações europeias saíram de mínimas da sessão nesta quarta-feira depois das falas de Powell.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,88%, a 7.089,22 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,11%, a 13.144,28 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,81%, a 5.916,63 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,36%, a 21.788,57 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,10%, a 8.145,40 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,52%, a 5.921,52 pontos.

Ásia

As ações da China terminaram em baixa nesta quarta-feira, uma vez que clima extremo em algumas partes do país ampliou a incerteza quanto à recuperação econômica dos choques da covid-19.

Ondas de calor no norte e no centro da China impulsionaram a demanda por eletricidade para níveis recordes, já que milhões de pessoas ligaram aparelhos de ar condicionado para escapar das condições sufocantes, enquanto as enchentes no sul deixaram moradores das cidades presos.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,37%, a 26.149 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,56%, a 21.008 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,20%, a 3.267 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,27%, a 4.270 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 2,74%, a 2.342 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 2,42%, a 15.347 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,78%, a 3.093 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,23%, a 6.508 pontos.

*Com Reuters.

Veja também

Home Broker do Nu invest: mais rapidez e recursos para você, com taxa ZERO de corretagem em Ações! Aproveite já

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu