Siga nossas redes

Finanças

Ibovespa fecha em queda, mas sustenta 114 mil pontos; dolár cai

Desaceleração veio após notícia da aprovação de Prates para o comando da Petrobras.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 6 minutos

O Ibovespa fechou em queda nesta quinta-feira (26), com o mercado repercutindo dados sobre o desempenho da economia norte-americana no último trimestre de 2022, com dados acima do esperado, e a aprovação do novo comando da Petrobras (PETR4), cuja queda dos papéis impactou o indicador. O dólar fechou no vermelho, sendo o quarto recuo seguido.

No dia, o Ibovespa recuou 0,08%, a 114.177 pontos. Já o dólar teve baixa de 0,08% frente ao real, a R$ 5,0745 na venda.

Cenário interno

Jean Paul Prates foi eleito presidente da Petrobras em reunião do conselho de administração da companhia nesta quinta-feira (26), afirmou a Federação Única dos Petroleiros (FUP), em nota. A aprovação foi por unanimidade, segundo duas fontes a par da reunião disseram à Reuters.

Prates já teve uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva às 16h desta quinta-feira, no Palácio do Planalto. Ele renunciou ao cargo de senador pelo PT-RN horas antes da reunião do colegiado, para que pudesse ser eleito sem impedimentos.

De acordo com o superintendente da Necton/BTG Pactual, Marco Tulli, o Ibovespa foi amparado pela entrada de capital externo. “Não há argumento contra fluxo”. Dados mais recentes da B3 mostram que as compras de estrangeiros no mercado secundário superam as vendas em R$ 8,1 bilhões no ano até o dia 24.

Nesta quinta-feira, também começa a temporada de resultados de empresas listadas, com os números da Cielo após o fechamento do mercado. Mas o calendário deve ganhar fôlego mesmo no começo de fevereiro.

Cenário externo

O Produto Interno Bruto (PIB) real dos Estados Unidos aumentou a uma taxa anual de 2,9% no quarto trimestre de 2022, após aumentar 3,2% no terceiro trimestre, segundo informou o Bureau of Economic Analysis. Os dados que devem ajudar a acertar as apostas sobre os próximos passos do banco central norte-americano.

Destaques da Bolsa

Petrobras

A ação preferencial PETR4 cedeu 2,75%, reagindo à aprovação do novo presidente-executivo da companhia, Jean Paul Prates, que na quarta-feira comunicou sua renúncia ao mandato de senador. A expectativa do governo é que ele já seja aprovado como presidente interinamente, para depois ser confirmado em definitivo em assembleia de acionistas, a ser convocada. No setor de petróleo, 3R (RRRP3) caiu 0,26% e Petro Rio (PRIO3) avançou 1%, em dia de alta dos do petróleo no exterior.

Americanas (AMER3)

As ações da Americanas (AMER3) fecharam em alta de 9,57%, negociada na cada de R$ 1,03. A varejista informou que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve o bloqueio de R$ 1,2 bilhão do BTG Pactual (BPAC11) após recurso do banco.

A determinação do STJ, ocorrida na quarta-feira (25), reverteu a sentença da Justiça do Rio no dia anterior, que suspendia o bloqueio e dava à varejista o direito de reaver valores compensados por credores.

De acordo com fato relevante, o STJ ainda não definiu o juízo de competência para julgar o caso.

Oi (OIBR3, OIBR4)

As ações da Oi (OIBR3, OIBR4) dispararam 65,3% em apenas dois pregões (dia 22 e 25 de janeiro), o que alertou a B3 a questionar a companhia de telecomunicação sobre a existência de algum fato relevante que justificasse a alta expressiva.

À Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia esclareceu que ontem, no fechamento do mercado, “a companhia tomou conhecimento de requerimento apresentado pelos acionistas Tempo Capital Principal Fundo de Investimento em Ações, Victor Adler, e VIC DTVM S/A/ (“Requerentes”), objeto de fato relevante divulgado nesta data, em que informam posição acionária superior a 1% do capital social da companhia.

No entanto, este mesmo trio de acionistas pediram hoje a destituição do atual Conselho da Companhia.

No dia, OIBR3 teve alta de 9,52% e OIBR4 subiu 4,46%.

EZtec

A EZtec (EZTC3) avançou 3,21%, em sessão positiva para ações de empresas de construção. Analistas do Citi elevaram a recomendação dos papéis da Eztec para “neutra”, com preço-alvo em R$ 15.

Bancos

O Banco do Brasil (BBAS3) teve queda de 0,05%, mesmo com analistas colocando o papel como um dos preferidos entre os grandes bancos. Bradesco (BBDC4) caiu 0,24% e Itaú (ITUB4) teve baixa de 0,59%. O BTG Pactual (BPAC11) registrou variação positiva de 0,37%, após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) manter bloqueados no banco R$ 1,2 bilhão que a Americanas tentava acessar.

Bolsas no exterior

Wall Street

Wall Street encerrou uma sessão instável em alta nesta quinta-feira, quando investidores lidaram com uma série de dados econômicos e um conjunto de balanços corporativos na expectativa pela reunião de política monetária do Federal Reserve da próxima semana se aproxima.

Enquanto os três principais índices acionários dos Estados Unidos avançaram, o ímpeto dos papéis de mega capitalização, impulsionados por um balanço da Tesla que superou estimativas e trouxe uma previsão de vendas otimista, ajudaram a colocar o índice de tecnologia Nasdaq na liderança.

Segundo dados preliminares, o S&P 500 ganhou 1,09%, para 4.060,18 pontos. O Nasdaq avançou 1,76%, para 11.512,40 pontos. O Dow Jones subiu 0,60%, para 33.946,54 pontos.

Europa

As ações europeias subiram nesta quinta-feira, com resultados corporativos favoráveis aliviando algumas preocupações sobre um golpe nos lucros causado por custos de empréstimos mais altos, enquanto dados econômicos dos Estados Unidos reforçaram as esperanças de um pouso suave. 

  • Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,21%, a 7.761,11 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,34%, a 15.132,85 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,74%, a 7.095,99 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,32%, a 26.217,56 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,87%, a 9.035,60 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,07%, a 5.961,77 pontos.

Ásia

As ações de Hong Kong saltaram nesta quinta-feira, registrando ganhos no primeiro dia de negociações do ano do coelho, com as ações locais acompanhando o avanço em outros mercados à medida que o mercado retorna do feriado de três dias do Ano Novo Lunar.

Os mercados da China continental serão retomados na segunda-feira (30).

O índice de referência Hang Seng subiu 2,37%, para fechar em 22.566,78 pontos, nível mais alto desde 2 de março de 2022.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,12%, a 27.362 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 2,37%, a 22.566 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC permaneceu fechado.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não teve operações.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,60%, a 2.468 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX não abriu.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,73%, a 3.377 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 ficou fechado.

*Com informações da Reuters.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.