Siga nossas redes

Finanças

7 moedas do metaverso abaixo de US$ 10

Metaverso já está na mira do mercado financeiro. Conheça as criptomoedas com maior valor de mercado abaixo de U$ 10.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 7 minutos

Homem usando óculos de realidade virtual

Nos últimos meses, o conceito de metaverso saiu das páginas de ficção científica e ganhou grande atenção da mídia, de investidores e de grandes empresas. Muitas pessoas têm buscado moedas do metaverso como uma opção de investimento e vêm acumulando altas sucessivas.

O motivo é o enorme potencial dessa tecnologia para os negócios. Além de poderem ser usadas em interações nos espaços virtuais, essas moedas passaram a ter também valor no mundo real.

Acompanhe a leitura para entender melhor o que são esses ativos, como comprá-los e quais são as top 7 moedas do metaverso abaixo de US$ 10. Vale ressaltar que a compra de criptomoedas sempre envolve risco, dada a forte volatilidade que este tipo de ativo costuma representar.

O que é metaverso?

O metaverso é um tipo de universo virtual 3D que reúne diversos espaços interconectados. Essa tecnologia combina realidade virtual e realidade aumentada, funcionando como uma espécie de mundo paralelo. Os usuários são representados por avatares e podem se conectar, compartilhar experiências e transitar virtualmente.

Para ingressar no metaverso, é preciso utilizar um dispositivo eletrônico – como computador, videogame, tablet ou celular – que pode ser complementado por aparelhos como óculos de realidade virtual e fones de ouvido para que a experiência de imersão seja mais completa.

No momento, esse universo virtual ainda não foi totalmente desenvolvido e está em formação. Porém, já é possível desfrutar de alguns elementos da tecnologia do metaverso, como em jogos de videogame com ambientes online, ou participando da economia virtual, por meio da aquisição e venda de tokens NFT e moedas do metaverso.

O que são moedas do metaverso?

As moedas do metaverso são ativos digitais. Elas funcionam como investimentos financeiros e podem ser utilizadas como dinheiro virtual nos ambientes do metaverso – seja na aquisição de NFTs, imóveis e terrenos digitais, itens de customização de avatares, no pagamento de produtos e serviços virtuais, e muito mais.

Cada espaço do Metaverso pode ter o seu próprio conjunto de moedas, que são utilizadas em aplicações descentralizadas (dApp), as quais operam por meio de smart contracts (contratos digitais inteligentes) programáveis e auto executáveis.

Por serem um criptoativo (token), essas moedas podem ser livremente transferidas e comercializadas entre os usuários. Toda transação realizada é autenticada por meio de validadores da blockchain em que a moeda se encontra. 

Quais são as principais moedas do metaverso?

Existem opções acessíveis para quem deseja comprar este tipo de ativo. As moedas do metaverso selecionadas abaixo, por exemplo, estão entre as de maior valor de mercado e estavam cotadas em até U$ 10,00 segundo o CoinMarketCap, quando os valores foram consultados (03/03/2022).

1. MANA (Decentraland) 

A Decentraland é um projeto de realidade virtual registrado na blockchain Ethereum, no qual os usuários podem ser proprietários de terras virtuais, onde é possível publicar e monetizar conteúdo e aplicativos.

A moeda do metaverso MANA é um token de governança, que dá poder de participação nas decisões do projeto, e pode ser usado para comprar terrenos virtuais, bem como outros bens e serviços. 

O MANA é um dos criptoativos mais populares e promissores do universo virtual, e teve valorização de mais de 500% entre outubro e dezembro de 2021. 

2. SAND (The Sandbox) 

O Sandbox é um mundo virtual registrado na blockchain Ethereum, no qual os usuários podem construir e monetizar suas experiências de jogo. 

O token SAND é uma moeda do metaverso usada nessa plataforma para transferências de valor, apostas, negociação de itens e serviços virtuais, e participação em ações de governança. Entre outubro e dezembro de 2021, o SAND teve alta de mais de 800%.

3. ALICE (My Neighbor Alice)

My Neighbor Alice é um jogo de construção multiplayer, onde qualquer pessoa pode comprar terrenos virtuais e coletar e construir itens. Essa plataforma está registrada na blockchain pública de código aberto Chromia.

O espaço virtual de My Neighbor Alice combina experiência de jogo a um ecossistema para jogadores que desejam coletar e trocar Tokens. ALICE é a moeda do metaverso usada nas interações e transações financeiras do jogo.

4. Theta (THETA)

Theta é uma rede alimentada por um blockchain voltado para streaming de vídeos e compartilhamento de conteúdos peer-to-peer (P2P). O ambiente virtual do Theta conta com sua própria moeda, o token THETA, por meio do qual é possível executar diversas tarefas na rede e realizar operações financeiras.

5. Yield Guild Games (YGG)

A Yield Guild Games é uma organização autônoma descentralizada (DAO) com o objetivo de desenvolver a maior economia virtual do mundo. 

Ela reúne uma comunidade de jogadores e investidores e possui sua própria moeda, a YGG, que está registrada na rede Ethereum e teve valorização de quase 40% entre outubro e dezembro de 2021.

6. Enjin Coin (ENJ)

A ENJ é uma criptomoeda criada pela Enjin, empresa que fornece um ecossistema de produtos de jogos interconectados e baseados na blockchain Ethereum. 

A Enjin permite que os desenvolvedores tokenizem itens do jogo. Sua moeda do metaverso é usada para adquirir e criar itens em espaços virtuais, tendo valorizado 150% entre outubro e dezembro de 2021.

7. UFO Gaming (UFO)

UFO Gaming é uma plataforma de jogos descentralizada que permite aos usuários ganhar recompensas com um modelo Play-to-earn, ou seja, os jogadores ganham ativos como NFTs e criptomoedas enquanto jogam.

Para interagir com qualquer elemento desse ecossistema virtual, é utilizado o token UFO, baseado em um DAO (Organizações Autônomas Descentralizadas). O UFO será o primeiro token de utilidade do Dark Metaverse.

Como comprar moedas do metaverso?

Se você pretende começar a investir neste tipo de ativo e comprar moedas do Metaverso, é preciso criar uma carteira digital e inserir saldo para realizar as operações de compra e venda. 

Isso pode ser feito por meio de corretoras de criptomoedas, como a Binance e a Mercado Bitcoin, ou diretamente pela rede de blockchain onde o token está registrado, como na Ethereum

Vale a pena investir em moedas do metaverso?

Embora o metaverso ainda esteja nos estágios iniciais de desenvolvimento, muitas empresas já estão se interessando por esse universo digital, que apresenta uma enorme oportunidade para investimentos. 

Afinal, essa tecnologia tem o potencial de mudar a forma como as pessoas socializam, interagem com marcas, aprendem e negociam. As moedas do metaverso serão o meio de troca desse espaço virtual, o que faz com que sejam ativos bastante valorizados. 

Porém, antes de investir nessas criptomoedas, especialistas recomendam que é importante avaliar com cautela as informações sobre o ativo, já que as moedas do metaverso ainda são muito voláteis. 

Segundo especialistas, é importante pesquisar a fundo para saber dados como cotação atual e média histórica, valor de mercado (market cap), além de projeções futuras e possibilidades de uso do criptoativo.

Assim, o investidor será capaz de fazer um investimento consciente, que mantenha sua posição no mercado, e evite grandes perdas.

Veja também:

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Investir é mais fácil do que você imagina. Aqui tem o investimento ideal para o seu perfil. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu