Siga nossas redes

Negócios

Adidas vende Reebok para Authentic Brands por até US$ 2,5 bi

Estratégia da companhia é se concentrar em sua marca principal.

Publicado

em

por

Reuters
Logo da Reebok em shopping center em Moscou, Rússia 23/04/2016 REUTERS/Grigory Dukor

A Adidas anunciou nesta quinta-feira a venda da marca Reebok para a Authentic Brands Group (ABG) por até 2,1 bilhões de euros (US$ 2,5 bilhões), em estratégia para se concentrar em sua marca principal.

A Adidas comprou a Reebok por US$ 3,8 bilhões em 2006 para ampliar competição com a rival Nike, mas seu desempenho lento levou a vários pedidos de investidores para a venda da marca focada nos EUA e Canadá.

Nesse ínterim, a Adidas conseguiu reduzir o domínio da Nike nos EUA com sua própria marca, ajudada por parceria com celebridades como Kanye West, Beyonce e Pharrell Williams.

A Reebok manterá a sede em Boston e continuará operações na América do Norte e Latina, Ásia-Pacífico, Europa e Rússia, disse a empresa de gestão de marcas dos EUA em comunicado.

Ao longo de 11 anos, a ABG acumulou mais de 30 marcas com produtos vendidos em cerca de 6 mil lojas. As marcas incluem as redes de vestuário Aéropostale e Forever21, além da revista Sports Illustrated.

“Há muitos anos que olhamos para a Reebok e estamos entusiasmados por finalmente trazer essa marca icônica para o mercado”, disse Jamie Salter, fundador e presidente da ABG.

Veja também

  • Um livro que ensina a usar o marketing para melhorar o desempenho de sua empresa
  • Ambev cresce na pandemia e tem um dos melhores trimestres da história
  • Quanto rende 1 milhão na poupança? Veja comparações
  • Qualicorp: por que a ação desabou após balanço?
  • Resultado da B3 supera expectativas no 2º trimestre

Invista sem precisar pagar Imposto de Renda! Invista em CRI e CRA!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!