Siga nossas redes

Negócios

Eletrobras adere a acordo de leniência com Andrade Gutierrez para ser ressarcida

O acordo soma um total de R$ 139,6 milhões.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Logo da Eletrobras na bolsa de valores de Nova York, EUA
09/04/2019 REUTERS/Brendan McDermid

A Eletrobras (ELET6) aderiu a acordo de leniência firmado pela Controladoria-Geral da União (CGU) e Advocacia Geral da União (AGU) com a Andrade Gutierrez, para fins de ressarcimento, disse a empresa em fato relevante na sexta-feira (04).

Além da própria elétrica, as empresas da Eletrobras que serão beneficiadas pelo acordo são Chesf, Eletronorte, Furnas e Eletronuclear, somando um total de R$ 139,6 milhões.

“Dessa forma, retornarão para a Eletrobras parte dos recursos que a companhia tem direito, diante dos prejuízos causados pela construtora, decorrentes do esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato”, disse a Eletrobras.

A empresa pontuou ainda que terá acesso às informações e aos documentos obtidos por intermédio do acordo, de forma a avaliar se há outras medidas de ressarcimento cabíveis a serem adotadas, em razão dos atos ilícitos dos quais ela alega ter sido vítima.

Os valores do acordo ainda não foram reconhecidos nas demonstrações financeiras da Eletrobras.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.