Siga nossas redes

Negócios

Oi tem prejuízo líquido de R$ 4,81 bilhões no 3º tri, piora de 86% em 1 ano

A receita líquida das operações brasileiras totalizou R$ 4,464 bilhões, queda de 4,0% em relação a 2020.

Publicado

em

OI

A Oi (OIBR3) apresentou prejuízo líquido consolidado de R$ 4,811 bilhões no terceiro trimestre de 2021, uma piora de 86,5% ante perdas de R$ 2,580 bilhões registrado em igual intervalo de 2020. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 1,398 bilhão entre julho e setembro, montante 5,86% menor que o apurado no mesmo período do ano passado. Já o Ebitda de rotina foi de R$ 1,460 bilhão, em linha com o registrado um ano antes.

A receita líquida consolidada da empresa foi de R$ 4,520 bilhões, pouco abaixo (-3,9%) do valor apurado um ano antes, de R$ 4,706 bilhões.

A receita líquida das operações brasileiras totalizou R$ 4,464 bilhões, queda de 4,0% em relação ao terceiro trimestre de 2020. A receita líquida das operações internacionais (África e Timor Leste) totalizou R$ 57 milhões, queda de 1,9% em relação ao apurado um ano antes. A receita líquida das operações continuadas no Brasil totalizou R$ 2,223 bilhões no trimestre, queda de 2,7% na comparação com um ano antes.

O resultado financeiro ficou negativo em R$ 4,830 bilhões, ante resultado financeiro negativo de R$ 2,325 bilhões apurado em igual intervalo de 2020.

Veja também

  • Como a marcação a mercado influencia o Tesouro Direto?
  • Investir em bolsa (só que de grife) pode gerar altos retornos
  • O que acontece quando o investidor ignora a probabilidade nas suas decisões?
  • Aura Minerals, CSU CardSystem e Aeris: o que esperar após balanços?
  • Por que a ação da Braskem caiu quase 12% após o balanço do 3º trimestre?

Invista na Apple, Amazon, Google, Disney, Netflix em poucos cliques e com taxa ZERO de corretagem! Invista em BDR

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!