Siga nossas redes

Negócios

RD: lucro dispara no 2º tri, com baixa base comparação e ganhos extraordinários

Dona das redes de drogarias Raia e Drogasil teve lucro líquido de R$ 266,4 milhões.

Publicado

em

por

Reuters
raia e drogasil RD
Unidade da Droga Raia no Rio de Janeiro (RJ) 30/07/2018 REUTERS/Sergio Moraes

A RD (RADL3), dona das redes de drogarias Raia e Drogasil, teve forte alta do lucro no segundo trimestre, refletindo forte alta das receitas sobre uma baixa base de comparação e efeitos extraordinários.

A companhia anunciou nesta terça-feira (10) que teve lucro líquido de R$ 266,4 milhões no período, um salto de 342,5% ano a ano.

Em termos ajustados, o lucro somou R$ 232 milhões de abril a junho, crescimento de 276% em relação a igual etapa de 2020.

A RD citou que o faturamento no trimestre foi beneficiado pela baixa base de comparação, em função do rigoroso isolamento social no mesmo período de 2020, o mais crítico da pandemia no país. O crescimento na base mesmas lojas foi de 26,2%.

A RD ainda teve R$ 58 milhões em ganho não recorrente ligado a um processo por créditos de PIS/Cofins.

O desempenho operacional da RD medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 497,1 milhões, avanço de 114% ano a ano. A margem Ebitda ajustada ficou em 8%, alta de 3,1 pontos percentuais.

A RD teve no trimestre um consumo total de caixa de R$ 387,3 milhões. A empresa fechou junho com dívida líquida ajustada de R$ 1,33 bilhão, ante R$ 1,509 bilhão um ano antes. A dívida líquida ajustada sobre o Ebitda foi de 0,8 vez, 0,4 vez menor em 12 meses.

Veja também

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!