Siga nossas redes

Cafeína

Dólar: quais ativos são os mais indicados para proteger a carteira?

Veja neste Cafeína porquê ter investimentos atrelados ao dólar apesar de as bolsas americanas estarem em baixa, inflação e juros em alta e risco de recessão nos EUA.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Após encostar nos R$ 6 em 2021 e ser negociado a R$ 4,61 em abril deste ano (o menor patamar em dois anos à época), hoje, o dólar está sendo negociado na casa dos R$ 5,25. Com tanta volatilidade, qual o melhor momento para investir na moeda americana? Será que é possível prever seu movimento até o fim de 2022?

Segundo Murilo Breder, analista do Nu Invest, a resposta é não. E com ele fazem coro muitos analistas, mas que no entanto, acham difícil que a moeda da economia mais pujante do mundo retorne a ser negociada na casa dos R$ 4 – pelo menos até encerrar o ano.

Mesmo assim, ter uma fatia da carteira dolarizada se faz mais do que necessário, segundo palavras de Breder. “Minha recomendação é ter no mínimo 20% da carteira dolarizada”. Segundo o analista, o dólar serve como uma proteção para a carteira dos investidores brasileiros. Logo, entre os ativos indicados, estão os BDRs da Coca-Cola, o ETF IVVB11, o fundo de investimento IPG Participações, entre outros.

Veja neste Cafeína porque ter investimentos atrelados ao dólar apesar das bolsas americanas estarem em baixa, inflação e juros em alta e risco de recessão nos EUA.

Veja também:

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Invista de um jeito simples, sem economês. Aproveite a plataforma mais simples do mercado. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu