Siga nossas redes

Cafeína

Onde investir R$ 5 mil de forma diversificada e à prova de eleições?

Para o investidor que formou sua reserva de emergência e pretende montar uma carteira de investimentos, como driblar juros e inflação em alta além do ano eleitoral?

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Para o investidor que acabou de formar sua reserva de emergência e pretende começar a montar uma carteira de investimentos, opções de produtos financeiros não faltam. No entanto, com o atual cenário de juros e inflação em alta além de 2022 ser um ano eleitoral no país, como diversificar de forma a ter uma carteira resistente as oscilações do mercado?

Segundo Alexandre Brito, da Finacap Investimentos, com R$ 5 mil é possível montar uma carteira diversificada de perfil conservador ou moderado.

Para o investidor avesso a riscos, uma opção seria alocar 30% do valor total em Tesouro Selic; 40% em renda fixa pós fixada; 15% em renda fixa atrelada à inflação e 15% em renda variável, segundo o analista.

Já para um perfil considerado moderado, Brito indica:  20% em Tesouro Selic; 25% em renda fixa pós fixada, 15% em renda fixa atrelada à inflação; 30% em renda variável Brasil; 5% em investimento internacional e 5% em investimentos alternativos.

“Esta é uma alocação estratégica com foco no longo prazo e que foi testada em vários ciclos de eleições e momentos de estresse”, aponta Brito, que reitera não ser indicado fazer ajustes na carteira com base no cenário macro, mas sim, caso venha a ter alguma mudança estrutural na economia do país.

Neste Cafeína, Samy Dana e Dony De Nuccio trazem opções de investimentos dentro da carteira recomendada – de ETFs a títulos do Tesouro Direto.

Veja também:

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.