Siga nossas redes

Economia

Taxa de desemprego fica em 13,2% no trimestre até agosto, diz IBGE

Em igual período de 2020, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 14,4%.

Publicado

em

desemprego
Homem mostra carteira de trabalho enquanto procura por oportunidades de emprego no centro de São Paulo. 06/10/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,2% no trimestre encerrado em agosto, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados na manhã desta quarta-feira (27), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou no piso das estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast, que tinha intervalo entre 13,2% e 13,7%, com mediana de 13,5%.

Em igual período de 2020, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 14,4%. No trimestre móvel terminado em julho, a taxa de desocupação estava em 13,7%. A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.771 no trimestre encerrado em agosto. O resultado representa queda de 10,2% em relação a igual período do ano anterior. A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 219,2 bilhões no trimestre até agosto, recuo de 0,7% ante igual período do ano anterior.

Veja também

Seja sócio das maiores empresas do Brasil com corretagem ZERO! Invista em Ações

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!