Siga nossas redes

Finanças

Bolsa fecha em alta, de olho no exterior; dólar cai a R$ 5,20

O Ibovespa, principal indicador da bolsa brasileira, a B3, subiu 1,27%, aos 123.480 pontos.

Publicado

em

por

InvestNews
bolsa

A bolsa de valores brasileira fechou em alta nesta quinta-feira (14), com o mercado à espera de estímulos da maior economia do mundo a partir dos planos do governo Joe Biden. Já o dólar fechou queda contra o real pela terceira sessão seguida, depois das fortes altas da primeira semana do ano.

O Ibovespa, principal indicador da bolsa brasileira, a B3, subiu 1,27%, aos 123.480 pontos. Já o dólar caiu 1,9%, a R$ 5,2097.

LEIA MAIS:

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, deve apresentar uma proposta de pacote de estímulo para impulsionar a economia durante a pandemia de coronavírus com um alívio econômico que pode superar US$ 1,5 trilhão e ajudar as comunidades minoritárias.

Para profissionais do mercado, tanto a expectativa de anúncio do pacote quanto as notícias de campanhas de vacinação pelo mundo contra covid-19 reforçaram apostas de recuperação da economia global, inflando os ativos financeiros.

“A leitura é de que, com essa combinação, o crescimento econômico global já está contratado”, disse o sócio e economista da VLG Investimentos, Leonardo Milane.

No caso brasileiro, porém, após o Ibovespa ter experimentado um rali de 33% em pouco mais de dois meses, para novas máximas históricas no início deste mês, as ações brasileiras ficam mais vulneráveis a correções maiores.

A não ser, é claro, que o fluxo siga positivo no curto prazo como tem sido em janeiro. Só nas primeiras sete sessões de janeiro, o ingresso líquido de recursos no mercado à vista já supera R$ 15 bilhões.

Destaques da bolsa

BANCO DO BRASIL (BBSA3) caiu 0,24%. O presidente Jair Bolsonaro silenciou nesta quinta-feira sobre a possível demissão do presidente-executivo do banco, André Brandão. O BB declarou pela manhã não ter recebido qualquer comunicação oficial do acionista controlador sobre suposta demissão. Na véspera, a ação já tinha caído 4,94% em meio a notícias sobre o assunto.

BRADESCO (BBDC4 e BBDC3) ganhou 3,1%, com o setor bancário privado sendo um dos principais motores do Ibovespa nesta sessão. ITAÚ UNIBANCO (ITUB4) evoluiu 3% e SANTANDER BRASIL (SANB11) teve incremento de 2,8%.

PETROBRAS (PETR4) subiu 1%, na esteira da recuperação dos preços internacionais do petróleo.

VALE (VALE3) teve valorização de 1,6%, voltando à rota positiva, após ter sido atingida por realização de lucros nas últimas sessões. O movimento foi seguido por siderúrgicas, com USIMINAS crescendo 1,8% e CSN (CSNA3) com incremento de 3,1% e GERDAU (GGBR4), em alta de 4,2%.

EMBRAER (EMBR3) subiu 8,5%, liderando ganhos do setor de aviação e turismo. GOL (GOLL4) avançou 4,5%, AZUL (AZUL4) teve alta de 7,3% e CVC (CVCB3) se valorizou em 5,5%.

Bolsas globais

As bolsas dos EUA fecharam em queda:

  • S&P -0,31%
  • Dow Jones -0,22%
  • Nasdaq -0,12%

As bolsas europeias fecharam em alta:

  • Madri (IBEX35) +0,14%
  • Frankfurt (DAX) +0,35%
  • Londres (FTSE 100) +0,84%
  • Paris (CAC40) +0,33%

As bolsas asiáticas fecharam mistas:

  • Nikkei +0,85%
  • Hang Seng +0,93%
  • Shanghai -0,91%

*Com Reuters

CDB com 140% do CDI, rentabilidade maior que a poupança: Invista de forma fácil pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.