Siga nossas redes

Finanças

Tesouro Direto: veja as datas dos leilões de títulos no 3º trimestre

Tesouro Nacional alterou vários vencimentos dos títulos públicos.

Publicado

em

novos bilionários brasileiros 2021 - imagem decorativa
Crédito: Shutterstock

O Tesouro Nacional divulgou nesta terça-feira (15), o cronograma dos leilões de títulos públicos do Tesouro Direto a serem realizados ao longo do terceiro trimestre, com alterações em vários dos vencimentos que vinham sendo ofertados.

Leia mais: Tesouro Direto passará a ter resgates no mesmo dia; saiba mais

Novos vencimentos do Tesouro Direto

No caso das Notas do Tesouro Nacional – Série F (NTN-F), referentes ao tesouro prefixado com juros semestrais, a instituição deixará de ofertar o papel com prazo de referência de oito anos (1/1/2029), mantendo as de 6 e 10 anos, com datas de 1/1/2027 e 1/1/2031, respectivamente, com leilões semanais de ambos os vencimentos.

No caso das Letras do Tesouro Nacional (LTN), títulos prefixados, permanecerão as referências de 6, 12, 24 e 48 meses. As de 6 e 12 meses, porém, passam a ser papéis para abril de 2022 e outubro de 2022. A LTN de 24 meses terá prazo em 1/7/2023 e a de 48 meses, em 1/1/2025.

“As LTN de 24 e 48 meses terão emissões semanais, enquanto as LTN de 6 e 12 meses serão ofertadas alternadamente (6 meses em uma semana e 12 meses na semana seguinte)”, afirma o comunicado do Tesouro.

As mudanças nas Letras Financeiras do Tesouro (LFT), o Tesouro Selic, passam pelas alterações no prazos do vértice mais curto, de 1/9/2022 que vinha sendo ofertada para 1/9/2023, enquanto as LFT de seis anos serão ofertadas no prazo de 1/9/2027 e não mais 1/3/2027.

O Tesouro optou por não modificar vencimentos e a frequência das ofertas das NTN-B (Tesouro IPCA+). Esses títulos terão referências de 3, 5, 7, 10, 20 e 35 anos, com datas de vencimento em 15/08/2024, 15/08/2026, 15/08/2028, 15/08/2030, 15/08/2040 e 15/05/2055, respectivamente.

As NTN-B permanecerão ofertadas alternadamente, sendo as de 3, 7 e 20 anos em uma semana; e 5, 10 e 35 anos na seguinte.

A instituição informa ainda que, para o terceiro trimestre, não estão previstos leilões de rolagem antecipada dos títulos vincendos no período.

Veja também:
• Mercado prevê Selic subindo a 4,25% nesta quarta, mas indicações geram dúvidas.
IPOs 2021: o que esperar de Raízen, CSN, SmartFit, Traders Club e Multilaser?
• Falta de peças deve mudar cenário do mercado brasileiro de veículos.
• Coca-Cola perde bilhões após Cristiano Ronaldo recomendar água na Eurocopa.
Filantropa MacKenzie Scott doa US$ 2,7 bi para a caridade.
Ação do Banco Pan dispara; o que o Nubank tem a ver com isso?
• CVM condena irmão de Eike e mais sete por insider trading com ações da CCX.

Investir é mais fácil do que você imagina. Aqui tem o investimento ideal para o seu perfil. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!