Siga nossas redes

Geral

Ficou Sabendo? Minerva de olho na Argentina, Gil do BC e curtidas do Instagram

Segundo Roberto Campos Neto, pessoas passaram a olhar para BC de forma diferenciada após o ex-BBB Gil ter dito que tem o sonho de presidir a autarquia.

Publicado

em

por

InvestNews
Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor (Foto: Divulgação)

Facebook e Instagram deixarão usuários esconderem curtidas

E os usuários do Instagram poderão ocultar o contador de curtidas em todas as publicações de sua conta.

A mudança será lançada em breve e também vai abranger a conta do Facebook.

O presidente do Instagram, Adam Mosseri, disse que o objetivo é dar às pessoas o controle sobre suas experiências no aplicativo. Ele disse que os testes da plataforma sobre como ocultar o contador não mostraram mudanças particulares no bem-estar dos usuários, mas polarizaram a opinião dos usuários.

Os “likes”, que têm a forma de um coração no Instagram e são indicados por um polegar para cima no Facebook, podem ser usados ​​para medir a popularidade das publicações.

Após Gil do Vigor, pessoas passaram a olhar para BC de forma diferenciada, diz Campos Neto

 O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira que a população passou a olhar para a instituição de forma diferente após o ex-participante do Big Brother Brasil (BBB) conhecido como Gil do Vigor ter dito que tem o sonho de presidir a autarquia.

Gilberto Nogueira, que é economista, falou sobre seu projeto no início deste mês, depois de ter deixado o programa da Rede Globo.

“Não conheço ele pessoalmente, mas acho que as pessoas até, depois dessa declaração, passaram a olhar para o Banco Central de uma forma diferente”, afirmou Campos Neto ao ser questionado em live do canal “MyNews” sobre os conselhos que daria ao economista.

“Eu nunca imaginei que alguém que fosse uma celebridade, que tivesse tanta atenção, olhasse para o Banco Central e pensasse em ser presidente do Banco Central.”

Ainda em tom de surpresa, Campos Neto afirmou que não imaginava tornar-se ele próprio, um dia, chefe do BC. “Eu nunca achei que eu ia ser presidente do Banco Central, nem que tinha os quesitos nem ingredientes para ser.”

Mercado de carne na Argentina sairá fortalecido após ação do governo, diz Minerva

As recentes restrições impostas pelo governo da Argentina sobre as companhias de carnes que atuam no país tendem a estreitar o número de empresas formais no mercado e fazer com a que o setor saia fortalecido, afirmou nesta quarta-feira (26) o CFO da Minerva Foods (BEEF3), Edison Ticle.

Ele se referia ao restabelecimento de registros de exportação de carnes, anunciado em abril.

Ticle lembrou que a Argentina é um país com uma taxa de câmbio sensivelmente inferior à média do mercado e isso tornou-se um “incentivo perverso” para a entrada de intermediários no comércio de carnes com o objetivo apenas de arbitrar moeda.

Além das restrições, na semana passada, a Argentina anunciou uma suspensão por 30 dias das exportações de carnes, como estratégia emergencial para conter a inflação no preço local da proteína bovina.

Para o CFO, após este período, devem restar menos empresas com licenças para exportar e as que permanecerem terão mais poder de barganha para conseguir preços e margens atrativas.

“Nesse sentido, vemos como bem-vindas as medidas do governo… Achamos que o mercado sai mais fortalecido, mais formalizado e as empresas que saírem disso vão sair mais fortalecidas.”

Atualmente, a operação na Argentina representa cerca de 10% da receita consolidada da Minerva Foods.

Leia também:
Fundo Garantidor de Crédito: quais investimentos são garantidos pelo FGC?
• China e Estados Unidos discutem comércio bilateral.
• Confiança da indústria no Brasil mostra recuperação em maio.
Criptomoedas: mercado em expansão ou bolha?
Taxa de desemprego fica em 14,7% no trimestre até março, revela IBGE.

*Com informações da Reuters

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!