Siga nossas redes

Análise

Morning Call: bolsas tentam respirar; Apple, Amazon, Google e Facebook no radar

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Após uma quarta-feira dramática com novos lockdowns na Europa, que fez lembrar os dias de pânico do mês de março, os índices futuros de NY e as bolsas europeias tentam se recuperar do tombo de ontem;  
  • Hoje, as expectativas se voltam para reunião de política monetária do Banco Central Europeu com definição do juros na Zona do Euro e a entrevista da presidente (Christine Lagarde), às 10h30; 
  • Nos EUA, será divulgada a primeira prévia do PIB/3TRI; há instantes, Nasdaq subia 0,97%, antes dos balanços das gigantes do setor: Apple, Amazon, Google e Facebook, atropeladas ontem com perdas de até 5%;
  • No Brasil, o dia começa com o IGP-M de outubro, que pode cair mal, se surpreender negativamente, após o Copom reiterar o choque temporário da inflação para deixar aberta a chance de cortes adicionais da Selic e manteve a taxa básica de juros em 2% ao ano, como esperado;
  • Incerteza gerada com segunda onda da covid e desfecho da eleição americana causa derretimento das cotações de petróleo; o tipo Brent, negociado em Londres,  amplia queda para 3,33%, cotado a US$ 38,30 o barril;
  • Na Europa, antes da decisão do BCE (9h45), o índice Stoxx 600 sobe 0,33%; mais cedo, na Ásia, Xangai (+0,11), Tóquio (-0,27%), Hong Kong (-0,49%).

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • Bolsas derreteram com lockdowns na Alemanha e na França, com explosão do coronavírus. E não é à toa, restrições aos negócios vão voltar a bater forte na atividade econômica europeia; não está descartado que outros líderes tomem atitudes iguais e neste ambiente, ninguém ligou para os balanços das empresas, nem para as expectativas de resultados;
  • O Ibovespa caiu no pânico dos mercados globais e os investidores também estão impacientes com votações no Congresso sobre matérias importantes, adiadas pela base do governo e está causando atritos políticos em um momento que não poderia ser pior;
  • O Ibovespa fechou na mínima do dia, aos 95.368,76 pontos (-4,25%), com volume financeiro somou R$ 29,4 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV:

  • O índice Bovespa quebrou completamente o padrão gráfico anterior de alta, após quatro pregões consecutivos de baixa, e ontem, com forte queda rompeu o suporte de 97.700 pontos;
  • O viés ficou negativo e toda atenção será necessária!
Indicadores
Brasil:
Caged
IGP-M (FGV)
Resultado Primário do Governo Central (Tesouro Nacional)
Sondagem de Serviços (FGV)
Balanços: Ambev, Usiminas (antes de abertura); B2W, Lojas Americanas e Suzano (após o fechamento)
EUA:
PIB (3TRI)
Pedidos de seguro-desemprego semanal (Departamento do Trabalho)
Balanço: Credit Suisse, Moderna, Spotify, Twitter (antes da abertura); Google, Amazon, Apple, Facebook (após o fechamento)
Europa:
Zona do Euro: Juros (BCE) / Confiança do consumidor em outubro

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Ganhar dinheiro com Ações pode ser bem mais fácil que parece. Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.