Siga nossas redes

Análise

Morning Call: em véspera de feriado, o investidor tende a reforçar cautela

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • No fechamento desta semana mais tensa, com segunda onda de covid e na reta final da eleição americana, os índices futuros de NY recuam nesta manhã, precificando também os resultados abaixo das expectativas das grandes empresas de tecnologia, divulgadas ontem após o fechamento do pregão; Dow Jones futuro recua 0,80% e Nasdaq (-1,20%);
  • Na Europa, os dados preliminares do PIB do terceiro trimestre vieram acima das projeções, mas a segunda onda de covid, com descoberta de uma mutação do coronavírus, pesam nas bolsas europeias; o PIB da zona do euro cresceu 12,7% no terceiro trimestre (projeção +9,4%); o alemão subiu 8,2%, também superando a projeção (+6,8%) e PIB francês avançou 18,2% (projeção +15%);
  • Além do PIB divulgado, a taxa de desemprego na zona do euro em setembro ficou estável em 8,3%; há instantes, a bolsa de Frankfurt recuava 0,65%, Londres (-0,40%) e Paris (-0,09%);
  • No Brasil, na véspera do feriado de Finados (2ªF), o investidor tende a reforçar a cautela com as incertezas externas, enquanto os ruídos políticos em Brasília se multiplicam.

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • As bolsas em Wall Street foram impulsionadas por bons dados econômicos e valorização das big techs, à espera de seus balanços, além do PIB americano do terceiro trimestre que subiu 33,1%, superando a projeção (32%);
  • Por fim, os pedidos semanais de seguro-desemprego caíram a 751 mil, mais que o esperado (778 mil). Tiveram boas notícias, mas faltava os balanços das techs após o encerramento dos pregões; Apple (+3,12%), Amazon (+1,54%), Alphabet (+2,94%) e Facebook (+4,73%);
  • O Brasil foi na onda de recuperação com a trégua da tensão global, após o banho de sangue geral na quarta-feira, além disso, o Caged mostrou um saldo líquido de emprego formal positivo em 313.564 vagas em setembro;
  • Também, aliviou um pouco, o discurso do ministro Paulo Guedes em defesa do teto fiscal e mais algumas promessas de recuperação da economia, que têm gerado desconfiança entre os investidores sobre sua viabilidade; o Ibovespa fechou em alta de 1,27%, aos 96.582,16 pontos, com bom giro financeiro acima da média, R$ 33,6 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV:

  • O índice Bovespa quebrou completamente o padrão gráfico anterior de alta, ao romper o suporte de 97.700 pontos;
  • O viés ficou negativo, é preciso esperar os próximos movimentos de confirmação e toda atenção será necessária!
Indicadores
Brasil:
Bandeira tarifária de energia elétrica (Aneel)
IPP (IBGE)
PNAD Contínua Mensal (IBGE)
Nota de Política Fiscal / Resultado do setor público consolidado (setembro) (Banco Central)  
EUA:
Confiança do consumidor (Universidade de Michigan)
Poços de petróleo em atividade (Baker Hughes)
Renda pessoal e Custo unitário da mão de obra (Departamento do Trabalho)
Balanço: Exxon Mobill, Chevron 
Europa:
Zona do Euro: Desemprego / PIB (preliminar)
Alemanha: Índice de confiança do consumidor / PIB (preliminar) / Vendas no varejo
Reino Unido: Índice de confiança do consumidor 
Ásia:
China: PMI industrial (outubro)

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Faça seu dinheiro trabalhar por você! Invista pela Easynvest

Anúncio Patrocinado Black Novermber 2020 Black Novermber 2020

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.